Alabaster Box

Brasil - Rumo a uma Ditadura de Esquerda?

Reportagem exibida pela Rede Bandeirantes de Televisão a respeito dos absurdos do 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH):



"A nova lei - que o Presidente Lula assinou sem ler - passou pelo crivo direto da ministra da Casa Civil (Dilma Rousseff, virtual candidata do PT à Presidência da República), dos ministros da Justiça (Tarso Genro), da Comunicação Social (Franklin Martins) e dos Direitos Humanos (Paulo Vanucci). É um emaranhado de artigos e parágrafos que, muitas vezes, ataca a Constituição.

O decreto provocou duras críticas da sociedade e uma forte reação dentro do próprio governo. Para os especialistas, se for aprovada da maneira como está, a lei será o mais duro golpe contra a democracia desde o fim da ditadura militar.

Ives Gandra Martins é um dos mais conceituados juristas internacionais. Ele é autor de mais de 300 livros sobre Direito, sozinho ou com outros autores, com obras publicadas em 19 países. Ao analisar o novo decreto, ele ficou impressionado [e disse]:

- É um dos documentos com as maiores SANDICES que eu tive a possibilidade de ver nos meus 51 anos de advocacia e nos meus 49 anos de Magistério de Direito.

Catedrático em Direito por 31 universidades, no Brasil, na América do Sul e na Europa, Ives analisou vários itens do novo decreto:

REINTEGRAÇÃO DE POSSE: O projeto prevê que o proprietário rural que tiver uma fazenda invadida não poderá mais recorrer ao Judiciário.
Jurista - O que eles estão pretendendo é dar direito àquele que invadir qualquer terra, fazer com que uma vez invadido, o direito de propriedade deixa de ser do proprietário e passa a ser do invasor.

SÍMBOLOS RELIGIOSOS: A lei quer evitar a divulgação de símbolos religiosos.
Jurista - Se não pode haver mais símbolos religiosos, nós temos que mudar o nome da cidade de São Paulo. Todas as cidades que têm nomes de santo, não poderão mais ter.

MEIOS DE COMUNICAÇÃO E CENSURA: Será criada uma comissão para controlar o conteúdo dos meios de comunicação.
Jurista - No momento em que se elimina a liberdade de imprensa, nesse momento nós estamos perante, efetivamente, o início de uma ditadura.

TAXAS SOBRE GRANDES FORTUNAS: O novo imposto sobre grandes fortunas seria instituído.
Jurista - É um imposto que afasta investimentos, porque aquele que formou um patrimônio, depois de ser tributado em todas as operações, ainda vai ser tributado no seu patrimônio pessoal?

PROSTITUIÇÃO: As prostitutas contariam com direitos trabalhistas e carteira assinada.
Jurista - Isso não é profissão. Na prática, o que os verdadeiros "Direitos Humanos" [deveriam fazer] é tirar essas moças do que elas estão fazendo e dar profissões dignas a elas.

PUNIÇÃO DE TORTURADORES: Os responsáveis pela tortura durante a ditadura militar seriam julgados. Já os guerrilheiros - que também torturaram - ficariam livres de qualquer punição.
Jurista - Torturador de esquerda é um santo. Torturador de direita é um demônio. É UM DECRETO PREPARATÓRIO PARA UM REGIME DITATORIAL."


Extraído de:
http://noticias.uol.com.br/ultnot/multi/?hashId=especialistas-criticam-plano-de-direitos-humanos-de-lula-04023768E4899327&mediaId=991947


Notícia relacionada:
- Planalto admite falha em decreto sobre Plano de Direitos Humanos, mas poupa Dilma
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u678489.shtml

Amigo Fiel


Ruth olhou para a sua caixa de correio, mas só havia uma carta. Pegou-a e olhou-a antes de abri-la. Mas parou, para observar com mais atenção. Não havia selo nem marcas do correio, somente o seu nome e endereço. Ela decidiu ler a carta:

"Querida Ruth, estarei próximo de sua casa, no sábado à tarde, e passarei para visitá-la.

Com amor,

Jesus.

"As mãos da mulher tremiam quando colocou a carta em cima da mesa. "Por que o Senhor vem visitar-me? Não sou ninguém especial, não tenho nada para oferecer-lhe...", pensou.

Preocupada, Ruth recordou o vazio reinante nas prateleiras da sua cozinha."Ai, não!, não tenho nada para oferecer-lhe", argumentou consigo mesma. "Terei que ir ao mercado e comprar alguma coisa para o jantar".

Ruth abriu a carteira e colocou o conteúdo sobre a mesa: EUR 5,40. "Bom, comprarei pão e alguma outra coisa, pelo menos". Colocou um agasalho e apressou-se a sair. Um pão francês, um pouco de fiambre e um pacote de leite... Ruth ficou somente com EUR 0,12 que deveriam durar até segunda-feira. Mesmo assim, sentiu-se bem e saiu a caminho de casa, com sua humilde compra debaixo dos braços.

"Olá, senhora, pode nos ajudar?". Ruth estava tão distraída pensando no jantar, que não viu as duas pessoas que estavam de pé no corredor. Um homem e uma mulher, os dois vestidos com pouco mais que farrapos. "Olhe, senhora, não tenho emprego. Minha mulher e eu temos vivido ali fora, na rua. Bem, está fazendo frio e estamos sentindo fome. Se a senhora nos pudesse ajudar, ficaríamos muito agradecidos"...

Ruth olhou para eles com mais cuidado. Estavam sujos e tinham mal cheiro e, francamente, ela estava segura de que eles poderiam conseguir algum emprego se realmente quisessem. "Senhor, eu queria ajudar, mas eu mesma sou uma mulher pobre", orou secretamente. "Tudo que tenho são umas fatias de pão, mas receberei um hóspede importante nesta noite e planejava servir isso a Ele", respondeu aos pedintes. "Sim, bom, sim senhora, entendo... De qualquer maneira, obrigado", voltou-lhe o homem.

O pobre homem colocou o braço em volta dos ombros da mulher, e os dois dirigiram-se para a saída. Ao vê-los saindo, Ruth sentiu um forte pulsar no seu coração. "Senhor, espere!". O casal parou e voltou à medida que Ruth corria para eles e os alcançava na rua. "Olhem, querem aceitar este lanche? Conseguirei algo para servir ao meu convidado", dizia Ruth, enquanto estendia a mão, com o pacote do lanche. "Obrigado, senhora, muito obrigado", agradeceu o homem. "Obrigada", repetiu a mulher.

Foi aí que Ruth percebeu que a mulher tremia de frio. "Sabe, tenho outro casaco em minha casa, tome este", ofereceu. Ela desabotoou o próprio casaco e colocou-o sobre os ombros da mulher. Sorrindo, voltou a caminho de casa... sem casaco e sem nada para servir ao seu convidado. "Obrigado, senhora, muito obrigado", despediu-se, agradecido, o casal.

Ruth estava tremendo de frio quando chegou à porta de casa. Agora, não tinha nada para oferecer ao Senhor. Procurou a chave rapidamente na carteira, enquanto notava que havia outra carta na caixa do correio. "Estranho, o correio nunca vem duas vezes num dia", pensou. Ela, então, apanhou a carta e abriu-a:

"Querida Ruth,

Foi bom vê-la novamente. Obrigado pelo delicioso lanche e pelo esplêndido casaco.

Com amor,

Jesus."

O ar estava frio, porém, ainda sem se agasalhar, Ruth nem percebeu.

Nem sempre Deus chega nos momentos em que a gente quer, mas Ele nunca chega atrasado.

(Autor desconhecido)

As Quatro Regras de Comunicação

por Pastor Sergio

Os bons relacionamentos não acontecem por acaso, e todos, até mesmo nós, que somos salvos não estamos isentos dos problemas, pois todos somos pecadores (Rom. 3:10-12; 23), e assim sendo, trazemos em nossa personalidade os estragos feitos pelo pecado. Somos egoístas e finitos e não é necessário mais nada para que surjam os problemas.

A maioria dos problemas inter-pessoais acontecem por causa da falha na comunicação.
ANIME-SE!, pois as pessoas que seguem os princípios bíblicos de comunicação, principalmente com relação à solução de problemas, podem desenvolver bons casamentos e relacionamentos sólidos e permanentes.

Em Efésios 4 Paulo dá ênfase ao “despojar-se” do velho homem e do seu modo de agir para “revestir-se” do novo homem e de um agir conforme a Palavra de Deus, e nos versículos a seguir ele esboça “As Quatro Regras da Comunicação”, que devem ser empregadas em todos os relacionamentos.
Elas são úteis tanto para prevenir como para solucionar problemas já existentes, são elas:

1. SEJA HONESTO (v.25)

a. Fale

I. Essa palavra no grego é um imperativo (uma ordem).
II. As outras pessoas não são capazes de “ler” nossos pensamentos. “Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o seu próprio espírito, que nele está? Assim, também as coisas de Deus, ninguém as conhece, senão o Espírito de Deus.” (I Cor. 2:11).
III. Fechar-se não é para o crente.

b. Fale a verdade.

I. Efésios 4:15, diz: “seguindo (falando) a verdade”, o tempo do verbo aqui indica uma ação contínua. Devemos sempre falar a verdade!
II. Ser honesto é mais do que simplesmente não mentir. É ser aberto, sincero “Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos” (Col. 3:9).

c. Fale a verdade em amor.

I. É possível falar a verdade de maneira insensível.
II. Os crentes devem falar a verdade, considerando os interesses da outra pessoa. Devemos atentar não somente para o que falamos, mas também para como falamos (tom de voz, expressão facial etc.). “ A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um.” (Col. 4:6)


2. MANTENHA-SE ATUALIZADO (vv. 26-27)

a. A Bíblia diz: “Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira,” (Efésios 4:26), nunca devemos deixar a nossa ira durar até o outro dia (isso é pecado). Não devemos dar lugar ao diabo.

b. Quando não tratamos os problemas de hoje estamos:

I. Em pecado.
II. Abrindo caminho para amargura e o ódio.
III. Tecendo problemas subseqüentes.
IV. Colocando em perigo a vida sexual.

3. ATAQUE O PROBLEMA E NÃO A PESSOA (vv. 29-30)

a. Comunicação corrompida. (palavras torpes)

I. Não tratam do problema.
II. Focaliza no caráter da pessoa. (Mat. 5:21-22)
III. Destroem, arrasam. (Tiago 3:5-12)
IV. Entristecem o Espírito Santo (Efésios 4:30)

b. Comunicação que edificante. (palavras que animam)

I. Tratam do problema.
II. Concentra-se na responsabilidade pessoal (Mat. 7:1)
III. Dá vazão às soluções através da ação.
iv. Dá graça (motivação) aos que ouvem.

4. AJA, NÃO REAJA (vv. 31-32)

a. Conforme Gênesis 3, tendemos a assumir uma posição de defesa quanto a nossos pecados, livrando-nos da culpa, fugindo e reagindo (Gen. 3:8-13). Nunca resolveremos nossos problemas ou cresceremos espiritualmente se insistirmos em ser esse tipo de pessoa.

b. Através do Espírito de Deus, precisamos aprender a ser benignos, compassivos e prontos a perdoar (v. 32),

c. mudar um hábito não é fácil, mas é possível (I Cor. 10:13; Fil. 4:13).

d. as discussões acontecem apenas quando um dos envolvidos reage.

e. Não importa se a outra pessoa age de maneira irresponsável, você é responsável por agir biblicamente e por não reagir.


http://www.ibe.org.br/artigos5.htm

Imperdível: Debate sobre a Lei da Anti-Homofobia

O pastor da Assembléia de Deus, Silas Malafaia, presidente da Associação Vitória em Cristo, participou nesta última quarta-feira, dia 24/02/2010, de um debate com a ex-deputada federal Iara Bernardes, autora do polêmico projeto PLC 122/06, também conhecido como "Lei da Mordaça Gay", que tenta criar uma ditadura gay no Brasil, dando direitos especiais aos homossexuais e limitando a liberdade de expressão de todos os que ousarem pensar diferente deles, sob pena de prisão.

Os convidados foram recebidos pelo apresentador do programa, Carlos Massa, o Ratinho. Um vídeo explicou os fundamentos e o que propõe o PLC 122/06. No vídeo o pastor Dilmo dos Santos, da AD do Brás, lembrou os perigos da aprovação. “ Esta lei favorece alguns em detrimento de outros”, criticou. O representante da ONG Corsa, que defende a comunidade LGBT, Lula Ramires, esclareceu que o projeto equipara preconceito ao racismo. “ Ninguém é homossexual para afrontar Deus”, apontou.

Após o vídeo, em que a população se mostrava dividida, Ratinho deu a palavra a Iara Bernardes. Num primeiro momento ela apresentou números e mostrou como o Brasil é um país homofóbico. “O PLC 122/06 foi uma necessidade na defesa dos direitos dos homossexuais”, declarou.

Silas Malafaia deu o tom do debate e citou que, antes mesmo da lei ser aprovada e votada nas comissões do Senado em toque de caixa, comunidades gays tentaram tirar seu programa da Band no ar. “Esta lei criminaliza a opinião. Ela tem aberrações, é uma vergonha. A lei deveria se chamar Lei do Privilégio”, alfinetou.

Questionado por Ratinho se homossexualismo é genético, Malafaia disse que só há dois genes humanos: macho e fêmea. “Ninguém nasce homossexual. Homossexualismo é comportamental. È um retrocesso, uma mordaça.” Iara Bernandes logo confirmou: “Temos que colocar uma mordaça em quem ofende e agride os homossexuais”, finalizou.


O debate já está disponível no site do Youtube, na íntegra. Confira:

- Debate sobre Lei de homossexualismo com Silas Malafaia no Programa do Ratinho (Parte 1)
http://www.youtube.com/watch?v=n8srofHw_2E

- Debate sobre Lei de homossexualismo com Silas Malafaia no Programa do Ratinho (Parte 2)
http://www.youtube.com/watch?v=l8LyofTfpxw

- Debate sobre Lei de homossexualismo com Silas Malafaia no Programa do Ratinho (Parte 3)
http://www.youtube.com/watch?v=e6mNdtUtkOs


Extraído e adaptado do site:
http://www.gospelprime.com.br/assista-pr-silas-malafaia-no-debate-da-plc-122-no-programa-do-ratinho/


Assassinato de Eliseu Santos, Secretário de Saúde de Porto Alegre

No final da noite desta sexta-feira, após o final do culto na igreja matriz da Assembleia de Deus em Porto Alegre, o secretário municipal de Saúde, Eliseu Santos, acompanhado de sua atual esposa e de sua filha, se dirigia para o seu carro, que estava no estacionamento do supermercado Záffari que fica localizado na avenida Cristóvão Colombo, quando foi baleado e morto por bandidos.

Segundo informações preliminares, Eliseu Santos pode ter sido vítima de uma tentativa de assalto. Ultimamente, porém, o secretário andava armado após ter sofrido ameaça de morte, e teria até mesmo trocado tiros com seus assassinos. Sua esposa assistiu ao crime, e está em estado de choque. Os bandidos fugiram em direção à avenida Farrapos.

Eliseu Santos foi casado também com Sônia Santos, era pai de três filhos e médico há 23 anos.

Notícias relacionadas:

- Secretário assassinado em Porto Alegre era evangelista da Assembleia de Deus
http://kedsonni.blogspot.com/2010/02/secretario-assassinado-em-porto-alegre.html

- Delegado afirma que houve troca de tiros entre Eliseu Santos e criminosos
http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a2822670.xml

- Polêmicas marcaram a carreira política de Eliseu Santos

What If I Stumble - DC Talk

Cicatrizes

Há alguns anos, em um dia quente de verão, um pequeno menino decidiu ir nadar no lago que havia atrás de sua casa. Na pressa de mergulhar na água fresca, foi correndo e deixando para trás os sapatos, as meias e a camisa.
Voou para a água, não percebendo que, enquanto nadava, para o meio do lago, um jacaré estava deixando a margem e entrando na água. Sua mãe, em casa, olhava pela janela enquanto os dois estavam cada vez mais perto um do outro. Com medo absoluto, correu para o lago, gritando para seu filho o mais alto quanto conseguia. Ouvindo sua voz, o pequeno se alarmou, deu um giro e começou a nadar de volta ao encontro sua mãe. Mas era tarde.

Assim que a alcançou, o jacaré também o alcançou. A mãe agarrou seu menino pelos braços enquanto o jacaré agarrou seus pés. Começou um cabo-de-guerra incrível entre os dois. O jacaré era muito mais forte do que a mãe, mas a mãe era por demais apaixonada para deixálo ir. Um fazendeiro que passava por perto, ouviu os gritos, pegou uma arma e disparou no jacaré. De forma impressionante, após semanas e semanas no hospital, o pequeno menino sobreviveu.

Seus pés extremamente machucados pelo ataque do animal e, em seus braços, os riscos profundos onde as unhas de sua mãe estiveram cravadas no esforço sobre o filho que ela amava. Um repórter de jornal que entrevistou o menino após o trauma, perguntou-lhe se podia mostrar suas cicatrizes. O menino levantou seus pés.

E então, com óbvio orgulho, disse ao repórter: - Mas olhe em meus braços. Eu tenho grandes cicatrizes em meus braços também. Eu as tenho porque minha mãe não deixou eu ir.

Você e eu podemos nos identificar com esse pequeno menino. Nós também temos muitas cicatrizes. Não, de um jacaré, ou qualquer coisa assim tão dramática. Mas as cicatrizes de um passado doloroso, algumas daquelas cicatrizes tão feias e que causam-nos profunda dor. Mas, algumas feridas, meu amigo, são porque DEUS se recusou a nos deixar ir. E, enquanto você se esforçava, Ele estava lhe segurando.

Se hoje o momento é difícil, talvez o que está te causando dor seja Deus cravando-lhe Suas unhas para não te deixar ir, lembre-se do jacaré e muito mais Daquele que mesmo em meio a tantas lutas nunca vai te abandonar e certamente vai fazer o que for necessário para não te perder, ainda que para isso seja preciso deixar-lhe cicatrizes.

Se hoje o momento é difícil, talvez o que está te causando dor seja Deus cravando-lhe Suas unhas para não te deixar ir, lembre-se do jacaré e muito mais Daquele que, mesmo em meio a tantas, lutas nunca vai te abandonar e certamente vai fazer o que for necessário para não te perder, ainda que para isso seja preciso deixar-lhe cicatrizes.

Mundo Muçulmano

Vocês já ouviram falar de um estudo afirmando que, nas próximas décadas, vários países ocidentais acabarão se tornando verdadeiras repúblicas muçulmanas, inclusive algumas das atuais potências européias?

É difícil de acreditar, não? Pois é. Segundo o estudo, essa mudança irá ocorrer devido à contínua imigração e principalmente à diferença gritante entre a taxa de fertilidade das mulheres nas famílias islâmicas comparada com a das outras populações.

Veja o vídeo:


Quem viver, verá...


Para pensar: Lembram do motivo que levou o Faraó a afligir o povo hebreu, segundo relato contido no 1º capítulo de Êxodo? Os filhos de Israel se multiplicavam, se engrandeciam e se fortaleciam... Isso fez com que o Faraó se sentisse na obrigação de tomar medidas enérgicas (e drásticas, como mandar matar os bebês hebreus recém-nascidos) para preservar a existência da cultura de seu povo - e continuar mantendo o seu domínio, é claro (sempre existe o bom motivo, e o verdadeiro motivo...).

Agora, imagine se naquela época o Egito vivesse sob um regime democrático (como a maioria dos países ocidentais vive atualmente): o Egito teria se transformado em um país judeu, e pelos mesmos motivos apontados no estudo acima: imigração e maior taxa de natalidade.

Desvios Doutrinários da Confissão Positiva

Pr Airton Evangelista da Costa

Os seguidores das doutrinas da Confissão Positiva dizem que não devemos submeter nossos pedidos à vontade de Deus. Não questiono a qualidade do caráter das pessoas mencionados neste trabalho. Questiono a qualidade de seus ensinos, comparados com a Bíblia Sagrada. Vejamos:

“Usar a frase `se for a Tua vontade´ em oração pode parecer espiritual, e demonstrar atitude piedosa de quem é submisso à vontade do Senhor, mas além de não adiantar nada, destrói a própria oração” (R.R.Soares, livro "O Direito de Desfrutar Saúde", p. 11, citado por Paulo Romeiro, Supercrentes, p.37).

Essa infeliz declaração é cópia fiel do que disse Benny Hinn, mais adiante registrada. Ora, submeter-se à vontade de Deus é bíblico, não anula nossas orações e é uma atitude espiritual. Se anulasse, a oração-modelo do Pai Nosso, ensinada por Jesus, para nada serviria; Jesus não teria sido um bom Mestre; milhões de orações nesses últimos dois mil anos foram ineficazes; nenhum crente em dois mil anos teria recebido qualquer bênção divina. Deus não respondeu a nenhuma delas. Logo de início vê-se o absurdo de tal declaração. Devemos confiar em quem? “Maldito o homem que confia no homem. Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor” (Jr 17.5,7). O cristão nunca deve esquecer o exemplo dos bereanos, que examinavam nas Escrituras se as coisas que Paulo e Silas ensinavam estavam corretas (At 17.10-12).

“Jesus me apareceu e disse que se alguém, em qualquer lugar, quiser tomar esses quatro passos ou pôr em operação esses quatro princípios, sempre receberá o que quiser de mim ou da parte de Deus Pai:
Passo 1 – Diga a coisa: positiva ou negativamente, tudo depende do indivíduo.
Passo 2 – Faça a coisa: Os atos derrotam-no ou lhe dão vitória.
Passo 3 – Receba a coisa: Compete a nós a conexão com o dínamo do céu.
Passo 4 – Conte a coisa: Contar para que outros também possam crer”
(Kenneth Hagin, "Como Registrar Seu Próprio Bilhete com Deus", p.5, citado por Hank Hanegraaaff, em "Cristianismo em Crise", p. 81). Referindo-se a João 14.14, Hagin ensina que “a palavra `pedir´ também significa `exigir´: `E tudo quanto exigirdes em Meu nome, isso [Eu, Jesus] farei”.

“Nunca jamais, em tempo algum vão ao Senhor e digam: `Se for da tua vontade...´ Não permitam que essas palavras destruidoras da fé saiam da boca de vocês. Quando vocês oram `se for da tua vontade, Senhor´ a fé é destruída. A dúvida espumará e inundará todo o seu ser. Resguardem-se de palavras como essas, que lhes roubarão a fé e os puxarão para baixo, ao desespero” (Benny Hinn, "Levante-se e Seja Curado", ibid, p.295). Frederic Price, outro arauto da Confissão Positiva, segue no mesmo diapasão: “Se você tem de dizer: `Se for da tua vontade´ ou `Que se faça a tua vontade´, então você está chamando Deus de idiota. É deveras estupidez orar para que a vontade de Deus seja feita. Isto é uma farsa, um insulto à inteligência de Deus”.

“Sereis semelhantes a Deus”
É este um dos itens fundamentais da doutrina desses mestres da fé: o homem deve exigir seus direitos e não se submeter à vontade de Deus. Essa aberração teológica rebaixa o Criador, que fica à mercê das vontades e caprichos humanos, e exalta o homem, colocando-o em condições de igualdade com Cristo. Eles falam e ensinam o que o Senhor não mandou falar nem ensinar. Apresentam um cristianismo particular, muitas vezes fruto de experiências particulares, de visões e aparições.

“O homem foi criado em termos de igualdade com Deus... O crente é chamado de Cristo... Eis quem somos: somos Cristo... Você é tanto uma encarnação de Deus quanto Jesus Cristo o foi”. O Senhor fez o homem como o Seu substituto aqui na terra... O homem era Senhor... vivia em termos de igualdade com o Criador. Muitos não sabem ainda que são filhos e filhas de Deus tanto quanto o próprio Jesus... Nem o próprio Senhor Jesus tem uma posição melhor diante de Deus do que você e eu temos” (Kenneth Hagin, citado por Hank Hanegraaaff, Cristianismo em Crise, p. 116/7).

Essas palavras são um testemunho de que não podemos confiar na doutrina da Confissão Positiva. Afirmar em alto e bom som que o Príncipe da Paz tem posição inferior ao homem diante do Pai soa como uma blasfêmia contra o Filho Unigênito de Deus, o Verbo encarnado, o “Alfa e Ômega, o primeiro e o último, o princípio e o fim”. Observem que Hagin rebaixa Jesus a uma condição de desigualdade com o Pai, ao mesmo tempo em que promove a deificação do homem. Essa doutrina é a da serpente (Gn 3.5).

“A razão para Deus criar Adão foi seu desejo de reproduzir a si mesmo. Adão não era um deus pequenino. Não era um semideus. Nem ao menos estava subordinado a Deus” (Kenneth Copeland). “Deus está duplicando a si próprio na Terra” (John Avanzini). “Vocês sabiam que desde o começo do tempo o propósito inteiro de Deus era reproduzir-se?... e quando estamos aqui de pé, vocês não estão olhando para Morris Cerullo; vocês estão olhando para Deus, estão olhando para Jesus” (Morris Cerullo). “Deus duplicou a si mesmo em espécie. Adão foi uma exata duplicata do tipo de Deus” (Charles Capps). “Jesus foi recriado nas portas do inferno” (Valnice Milhomens).

Notaram a tentativa de colocar o homem em condições de igualdade com Deus? Notaram como os componentes da orquestra da Confissão Positiva estão afinados? Essa orquestra está sob a batuta de quem? De Deus? Estão afirmando que o homem é uma clonagem do Criador. São esses os mestres que estão ensinando diariamente, pela televisão e por livros, a milhões de desavisados irmãos, ávidos por novidades e declarações chocantes. Eles estão repetindo a fórmula mágica apresentada pelo diabo a Eva, no Éden: “Sereis como Deus” (Gn 3.5).


Loucos por dinheiro
Entre Hagin, Hinn, Copeland, Jorge Tadeu, Robert Tilton, Morris Cerullo, Charles Capps e outros, parece haver uma disputa para ver quem cria mais aberrações teológicas e desvios doutrinários. Qual a razão de tanto empenho? Amor pelas almas perdidas ou amor ao dinheiro? A resposta vem de um dos componentes da orquestra, que desta vez saiu do tom. Leiam:

“Eu estava muito influenciado por Kenneth Hagin e Kenneth Copeland. Nenhum deles fala de salvação. Só de fé. A mensagem da fé é vazia sem o Espírito. A própria palavra [prosperidade] foi distorcida e tornou-se de importância fundamental no ministério. Dinheiro, dinheiro, dinheiro. É quase como ir a um cassino jogar” (Benny Hinn, citado por Paulo Romeiro, em Evangélicos em Crise, p.43-44). Hinn reconhece os erros doutrinários da Confissão Positiva, mas, parece, não consegue livrar-se das “concupiscências loucas e nocivas” que arrastam os homens à “ruína e perdição”, por causa do desejo ardente de ficarem ricos (1 Tm 6.9). Leiam o que ele declarou: “Anos atrás costumavam pregar: Ó, nós andaremos por ruas de ouro. Hoje eu digo: Não preciso de ouro lá em cima. Quero o ouro aqui embaixo”.

Benny Hinn tem razão. O cristianismo não é um cassino, em que quem arriscar mais, tem chance de levar mais. Se até agora nada deu certo; se não choveram dólares sobre você, é hora de arriscar tudo, numa última cartada. Entregue aos mestres a sua bolsa, seu salário, seus bens. Sabendo disso, o próprio Hinn ensinou: “Você quer prosperar? O dinheiro vai cair sobre você da esquerda, da direita e do centro. Deus começará a fazê-lo prosperar, pois o dinheiro sempre se segue à retidão... Diga comigo: Tudo que eu possa desejar já está em mim”. Alguém tem dúvida de que no Brasil as igrejas filiadas ao ministério dos Kenneth`s tocam a mesma música? Outra de Hinn: “O dinheiro sempre se segue à retidão” Traduzindo, significa que a pessoa justa, correta, honesta terá muito dinheiro. E o [crente] pobre? Não tem dinheiro porque não leva uma vida de retidão? É possível que o vil metal esteja provocando distúrbios mentais em muita gente.

Se Deus quiser
Conforme ensina a Confissão Positiva, submeter-se à vontade de Deus anula a oração; dizer “seja feita a tua vontade” é ser estúpido e chamar Deus de idiota. A estupidez e idiotice estão em quem ensina heresias. O “Jesus” que apareceu a Hagin e ensinou os passos decisivos para conseguir tudo o que desejar entrou em contradição com o Jesus da Bíblia. Na oração-modelo do Pai Nosso, Ele nos ensinou a pedir, e não exigir de Deus, e que em tudo “seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu” (Mt 6.10); ensinou que devemos sempre fazer a vontade do Pai (Mt 7.21; 12.50); Ele mesmo dava o exemplo (Jo 4.34; 5.30; 6.38,39). Até no momento de maior dor, na última noite em que passou com os apóstolos, Jesus foi submisso à vontade do Pai: “Pai, se queres, passa de mim este cálice, todavia não se faça a minha vontade, mas a tua” (Lc 22.42). Os mestres da prosperidade ensinam o oposto. Dizem que a nossa vontade é que deve prevalecer. Os apóstolos, que tinham o ensino de Jesus no coração, não pensavam do mesmo modo. Diante da recusa de Paulo em cancelar sua viagem para Jerusalém, eles se renderam aos fatos e disseram: “Faça-se a vontade do Senhor” (At 18.21; 21.14; cf. Sl 40.8; 143.10; Rm 1.10; 15.32; 1 Co 4.19; Hb 10.7; 1 Pe 2.15; 3.17; 4.2,19; 1 Jo 2.17).

A expressão `se Deus quiser` não entra no vocabulário dos mestres da prosperidade. A doutrina deles aponta para “eu digo, eu faço, eu recebo”. É o mesmo que dizer: Eu posso, eu mando, eu sou Senhor de mim mesmo. Isto é egolatria. A exemplo de `se for da tua vontade`, dizer `se Deus quiser´ é chamar Deus de idiota. Deveriam editar uma Bíblia particular, com interpretações próprias, ajustadas aos seus ensinos, como fizeram os testemunhas-de-jeová. Vejam o que diz a Palavra:

“Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará. Vós que dizeis: Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá passaremos um ano, negociaremos e ganharemos. Ora, não sabeis o que acontecerá amanhã... Em lugar disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser [ou se for da Sua vontade], viveremos e faremos isto ou aquilo. Vós vos jactais das vossas presunções. Ora, toda jactância tal como esta é maligna” (Tg 4.10,13-16).

É indiscutível o desencontro entre a Palavra de Deus e a doutrina da Confissão Positiva. Há declarações que chegam a ser uma blasfêmia: “Acredito que a oração do Pai Nosso não é para os crentes hoje em dia” (Frederic Price). Ora, o crente é que deve adaptar-se à vontade de Deus expressa na Bíblia, e não o contrário. Pelo visto, os fiéis da Confissão Positiva rejeitam por completo a oração ensinada por Jesus, porque nela os cristãos se colocam à mercê da soberana vontade do Senhor.

Pedir ou exigir?
Com relação à substituição do "pedir" pelo "exigir", vejam o seguinte. Pedir, do grego aiteõ, sugere a atitude de um suplicante que se encontra em posição inferior àquele a quem pede. É esse o verbo usado em João 14.13 – “E tudo quanto pedirdes em meu nome...” – e 14.14 – “Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei”. “Pedir”, do grego erõtaõ, indica com mais freqüência que o suplicante está em pé de igualdade ou familiaridade com a pessoa a quem ele pede, como, por exemplo, um rei fazendo pedido a outro rei. “Sob este aspecto, é significativo destacar que o Senhor Jesus nunca usou o verbo aiteõ na questão de fazer um pedido ao Pai”, por ter dignidade igual Àquele a quem pedia. (Jo 14.16; 17.9,15,20 – Fonte: Dic. VINE). Como a Confissão Positiva diviniza o homem, colocando-o no mesmo nível de Deus, não há porque pedir, mas exigir. Alguns falam em “reivindicar direitos”, da mesma forma como fazemos nos requerimentos endereçados às autoridades constituídas.

A Soberania de Deus
Um dos textos usados pelos mestres da Confissão Positiva é o seguinte: “E tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis” (Mt 21.22; cf. Mc 11.24; Jo 14.13; 15.7; 1 Jo 5.15). Alegam que, pela Palavra, Deus obriga-se a nos atender. Daí concluem que não precisamos pedir, mas exigir o direito a que fazemos jus. Dizem, também, que, em razão disso, é ocioso dizer `se Deus quiser´ ou `que seja feita a Sua vontade´. Esses desvios não são os únicos da Confissão Positiva.

Se a palavra acima funcionasse automaticamente, isto é, se de forma literal Jesus nos desse qualquer coisa que lhe pedíssemos com fé, nosso destino e nossas lutas estariam sob nosso próprio controle, o que seria desastroso, pois somos incapazes de conhecer o que nos aguarda o futuro e o que é melhor para nossa vida. Todavia, nosso “Pai sabe do que necessitais, antes de lho pedirdes” (Mt 6.8; cf. Ef 3.20). Ele nos dará o que for melhor, e nem sempre pedimos o que é melhor. Deus poderá responder SIM ou NÃO, visto que Ele é soberano para fazer somente o que lhe apraz. Vejamos exemplos bíblicos em que Deus respondeu negativamente: Paulo orou com fé para que Deus o livrasse de um espinho na carne, e Deus não o atendeu (2 Co 12.8-9). Ele também estava capacitado por Deus para curar enfermos (Mc 16.18; At 28.9)), mas não pôde curar Epafrodito (Fp 2.25-27) nem Trófimo (2 Tm 4.20) nem Timóteo (1 Tm 5.23).

A interpretação de Mateus 21.22 não pode ser literal porque Deus não pode nos dar qualquer coisa. Por exemplo, Deus não perdoa nossos pecados sem que tenhamos perdoado as ofensas recebidas, ainda que Lho peçamos com fé (Mc 11.23-26). Deus não me atendeu quando lhe pedi, em lágrimas e profunda dor, durante sete meses, que curasse a minha mulher. Também lhe pedi que tirasse a minha vida, mas a deixasse viver, mas não fui atendido. Minhas petições foram negadas. Os planos de Deus excediam a minha capacidade de compreensão.

Deus também não cura todas as pessoas, pelas quais oramos com fé. O mais certo é seguirmos o exemplo de Jesus: “Não seja, porém, o que eu quero, e, sim, o que tu queres” (Mc 14.36); e o de Paulo: “Se Deus quiser, outra vez voltarei a vós” (At 18.21; 1 Co 4.19); “A fim de que, pela vontade de Deus, chegue a vós...” (Rm 15.32). Deus tem razão em cem por cento das vezes em que Ele nos responde com um não. Depois de um certo tempo é que vamos entender que foi melhor assim.

A soberania de Deus, absoluta e universal, decorre de seus atributos incomunicáveis (onipotência, onisciência, onipresença, infinitude e imutabilidade). Deus é supremo sobre todas as coisas, em governo e autoridade. Ele faz o que quer com o que é seu (Mt 20.15) e se compadece de quem quer se compadecer, e terá misericórdia de quem quiser ter misericórdia. “Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?” (Rm 9.15,16,18,21). Não se pode pôr limites à sua autoridade. “Deus não é menos soberano na distribuição de seus favores. A alguns dá riquezas, a outros, honra; a outros, saúde; enquanto outros são pobres, ignorados ou vitimados pela enfermidade. A alguns, ele envia a luz do evangelho; a outros, ele deixa nas trevas. Alguns, pela fé, são conduzidos à salvação; outros perecem na incredulidade. À pergunta “Por que isso é assim?”, a única resposta é aquela dada por nosso Senhor: “Assim foi do teu agrado, ó Pai” - Mt 11.26” (Teologia Sistemática Strong).

Por isso, devemos sempre dizer: seja feita a tua vontade, porquanto é o Senhor que “esquadrinha o coração, e provo a mente, e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos, e segundo o fruto das suas ações” (Jr 17.10). O salmista aconselha: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e ele tudo fará” (Sl 37.5). Jó, um herói da fé, declarou: “Ainda que ele me mate, nele esperarei” (Jó 13.15).

www.palavradaverdade.com

26.08.04


Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).


Fonte: http://www.solascriptura-tt.org/Seitas/Pentecostalismo/DesviosDoutrinariosConfissaoPositiva-AirtonEC.htm

Seremos Um - Filhos do Homem

Cristo e o Anticristo


"Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora." [1 João 2:18]

Os anticristos estão por toda a parte. Nós não vemos nem compreendemos que eles representam a fibra de Satanás em nossa sociedade. Eles aparecem na televisão, ocupam cargos no governo, ensinam em nossas escolas e até ocupam nossos púlpitos nas igrejas. Satanás pode disfarçar-se de anjo de luz, as pessoas vêem essa luz e pensam que ela é boa; pois a luz é boa. Precisamos examinar as escrituras para encontrar as similaridades e diferenças entre Cristo e o Anticristo. Quando conhecermos e compreendermos essas similaridades e diferenças, poderemos prontamente reconhecer o Senhor Jesus Cristo e todos os anticristos.

1. De onde ele vem?

a. Cristo veio de cima: "Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou." [João 6:38]

b. O Anticristo virá do abismo: "E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará." [Apocalipse 11:7]

2. Em nome de quem ele vem?

a. Cristo veio em nome do Pai: "Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis." [João 5:43]

b. O Anticristo virá em seu próprio nome: "Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis." [João 5:43]

3. Como se apresenta?

a. Cristo humilhou-se a si mesmo: "E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz." [Filipenses 2:8]

b. O Anticristo exalta-se a si mesmo: "O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus." [2 Tessalonicenses 2:4]

4. Como o mundo o recebe?

a. Cristo foi desprezado. "Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum." [Isaías 53:3] "Mas toda a multidão clamou a uma, dizendo: Fora daqui com este, e solta-nos Barrabás." [Lucas 23:18]

b. O Anticristo é admirado: "E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?" [Apocalipse 13:3-4]

5. Como Deus o recebe?

a. Cristo é exaltado pelo Pai: "Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome." [Filipenses 2:9]

b. O Anticristo será lançado no lago de fogo: "Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo." [Isaías 14:14-15] "E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre." [Apocalipse 19:20]

6. Ele faz a vontade de quem?

a. Cristo veio para fazer a vontade do Pai: "Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou." [João 6:38]

b. O Anticristo fará sua própria vontade: "E este rei fará conforme a sua vontade, e levantar-se-á, e engrandecer-se-á sobre todo deus; e contra o Deus dos deuses falará coisas espantosas, e será próspero, até que a ira se complete; porque aquilo que está determinado será feito." [Daniel 11:36]

7. O que vem fazer?

a. Cristo veio para salvar: "Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido." [Lucas 19:10]

b. O Anticristo virá para destruir: "E se fortalecerá o seu poder, mas não pela sua própria força; e destruirá maravilhosamente, e prosperará, e fará o que lhe aprouver; e destruirá os poderosos e o povo santo." [Daniel 8:24]

8. Preocupa-se com seus seguidores?

a. Cristo é o bom pastor: "E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. Jesus disse-lhes esta parábola; mas eles não entenderam o que era que lhes dizia. Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas. Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas." [João 10:4-15]

b. O Anticristo é o pastor inútil: "Porque, eis que suscitarei um pastor na terra, que não cuidará das que estão perecendo, não buscará a pequena, e não curará a ferida, nem apascentará a sã; mas comerá a carne da gorda, e lhe despedaçará as unhas. Ai do pastor inútil, que abandona o rebanho! A espada cairá sobre o seu braço e sobre o seu olho direito; e o seu braço completamente se secará, e o seu olho direito completamente se escurecerá." [Zacarias 11:16-17]

9. Que tipo de videira ele é?

a. Cristo é a videira verdadeira: "Eu sou a videira verdadeira, e meu pai é o agricultor." [João 15:1]

b. O Anticristo é a videira da terra: "E saiu do altar outro anjo, que tinha poder sobre o fogo, e clamou com grande voz ao que tinha a foice aguda, dizendo: Lança a tua foice aguda, e vindima os cachos da vinha da terra, porque já as suas uvas estão maduras." [Apocalipse 14:18]

10. É honesto?

a. Cristo é a verdade: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." [João 14:6]

b. O Anticristo é a mentira: "E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira." [2 Tessalonicenses 2:11]

11. Quem é ele?

a. Cristo é o santo: "Dizendo: Ah! que temos contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus." [Marcos 1:24]

b. O Anticristo é o iníquo: "E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda." [2 Tessalonicenses 2:8]

12. Que tipo de homem é?

a. Cristo é o homem de dores: "Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum." [Isaías 53:3]

b. O Anticristo é o homem da iniqüidade: "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição." [2 Tessalonicenses 2:3]

13. De quem é filho?

a. Cristo é o Filho de Deus: "E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus." [Lucas 1:35]

b. O Anticristo é o Filho da Perdição: "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição." [2 Tessalonicenses 2:3]

14. O que tentará ensinar?

a. Cristo é o mistério da piedade: "E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória." [1 Timóteo 3:16]

b. O Anticristo é o mistério da injustiça: "Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado." [2 Tessalonicenses 2:7]

15. A quem retrata?

a. Cristo veio na imagem de Deus: "O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação." [Colossenses 1:15]

b. O Anticristo virá na imagem de Satanás: "E eu pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia. E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio. E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?" [Apocalipse 13:1-4]

16. Com quem está associado?

a. Cristo é parte da trindade celestial: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo." [Mateus 28:19]

b. O Anticristo é parte de uma trindade satânica: "E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs." [Apocalipse 16:13]

17. Qual animal o tipifica?

a. Cristo é o cordeiro sacrificial: "Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado." [1 Pedro 1:19]

b. O Anticristo é uma besta selvagem: "E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio." [Apocalipse 13:2]

18. Quem o energiza?

a. O poder de Cristo é de Deus: "E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra." [Mateus 28:18]

b. O poder do Anticristo provém de Satanás: "E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio." [Apocalipse 13:2]

19. Quem o ressuscita?

a. Cristo foi ressurreto pelo poder de Deus: "Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dentre os mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor." [Romanos 1:4]

b. O Anticristo será ressuscitado pela besta: "E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta." [Apocalipse 13:3]

20. Quem o adora?

a. Cristo recebe adoração dos crentes: "E, adorando-o eles, tornaram com grande júbilo para Jerusalém." [Lucas 24:52]

b. O Anticristo recebe adoração do mundo: "E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo." [Apocalipse 13:3,4,8]

21. Como fala?

a. Cristo foi um grande orador: "Responderam os servidores: Nunca homem algum falou assim como este homem" [João 7:46]

b. O Anticristo também será um grande orador: "E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses." [Apocalipse 13:5]

22. Qual é a duração do seu ministério?

a. O ministério de Cristo durou três anos e meio: "E estava próxima a páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém." [João 2:13] "E a páscoa, a festa dos judeus, estava próxima." [João 6:4] "E estava próxima a páscoa dos judeus, e muitos daquela região subiram a Jerusalém antes da páscoa para se purificarem." [João 11:55]

b. O Anticristo exercerá grande poder durante três anos e meio: "E foi-lhe dada uma boca, para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para agir por quarenta e dois meses." [Apocalipse 13:5]

23. Qual é seu número?

a. O número de Cristo é 7: "E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra... Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças." [Apocalipse 5:6,12]

b. O número do Anticristo é 666: "Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis." [Apocalipse 13:18]

24. Como trata sua noiva?

a. Cristo ama sua noiva: "E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido." [Apocalipse 21:1-2]

b. O Anticristo mata sua noiva: "E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo. Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma idéia, e que dêem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus. E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra." [Apocalipse 17:16-18]

25. Em que está montado?

a. Cristo está montado em um cavalo branco: "E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça." [Apocalipse 19:11]

b. O Anticristo também monta um cavalo branco: "Vi, então, e eis um cavalo branco e o seu cavaleiro com um arco; e foi-lhe dada uma coroa; e ele saiu vencendo e para vencer." [Apocalipse 6:2]

26. O que tem na cabeça?

a. Cristo tem muitas coroas: "Os seus olhos são chama de fogo; na sua cabeça há muitos diademas; tem um nome escrito que ninguém conhece senão ele mesmo." [Apocalipse 19:12]

b. O Anticristo tem uma única coroa: "E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer." [Apocalipse 6:2]

27. Que arma usa?

a. Cristo tem uma espada afiada: "E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso." [Apocalipse 19:15]

b. O Anticristo carrega um arco: "E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer." [Apocalipse 6:2]

28. Qual é seu propósito?

a. Cristo vem para governar: "E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso." [Apocalipse 19:15]

b. O Anticristo vem para conquistar: "E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer." [Apocalipse 6:2]

29. O que o segue?

a. Cristo é seguido por cavalos brancos e seus cavaleiros: "E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro." [Apocalipse 19:14]

b. O Anticristo é seguido por cavalos vermelho, preto e amarelo: "... e saiu outro cavalo, vermelho... então vi, e eis um cavalo preto... E olhei, e eis um cavalo amarelo." Os cavaleiros desses cavalos tirarão a paz, trarão a fome e grande mortandade sobre o mundo. [Apocalipse 6:4-8]

30. Quem o segue?

a. Cristo é seguido pelos exércitos que há nos céus: "E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro." [Apocalipse 19:14]

b. O Anticristo é seguido pela morte, fome, e o inferno: "E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada... E olhei, e eis um cavalo preto e o que sobre ele estava assentado tinha uma balança na mão. E ouvi uma voz no meio dos quatro animais, que dizia: Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho... E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra." [Apocalipse 6:4-8]

Autor: Pr. Steve Harmon

Texto revisado em 22/11/2004 - Todas as citações são da ACF
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/harmon9.asp

A NÃO OBVIEDADE DO EVANGELHO


"Estou muito admirado com vocês, pois estão abandonando tão depressa aquele que os chamou por meio da graça de Cristo e estão aceitando outro evangelho. Na verdade não existe outro evangelho, porém eu falo assim porque há algumas pessoas que estão perturbando vocês, querendo mudar o evangelho de Cristo. ..."


A perplexidade de Paulo, diante da leviandade dos gálatas de decidirem viver a vida cristã sob o prisma da Lei e não da Graça, trocando a fé em Jesus pela barganha com Deus, e buscando a aprovação de Deus por meio de sacrifícios e penitências, desprezando assim o sacrifício de Cristo na cruz, que anulou toda e qualquer necessidade de sacrifícios posteriores, a sua perplexidade indica duas coisas pelo menos:

1º) O Evangelho de Cristo não é óbvio.

O "outro evangelho" que estava seduzindo os gálatas, esse sim, era óbvio. Porque tratava os temas da fé em termos de "estímulos e respostas": "Se você cumprir todas essas regrinhas à risca, Deus vai lhe recompensar. E quanto mais regrinhas, mas recompensas, tanto nesta vida quando noutra vida".

Paulo desmonta esse raciocínio falso, ao esclarecer que a realidade da fé no coração humano é sempre um milagre, fruto de um empenho extraordinário de Deus, e não dos equivocados esforços humanos.

Noutras palavras: o Evangelho de Cristo não cabe dentro da lógica matemática humana; não dá pra contabilizá-lo, não serve para barganhar com Deus.

Esta era a visão não apenas de Paulo, mas de todos os apóstolos.
...
Essa tentativa de manipular o Sagrado, de sensibilizar o coração de Deus por meio de sacrifícios e penitências, para que ele nos conceda um futuro melhor é diabólica, porque anula o sacrifício de Cristo na cruz e estabelece nossas ações como parâmetros para o agir de Deus.

Agora, imagine se Deus realmente decidisse usar as ações humanas como parâmetros para manifestar o seu amor e o seu cuidado. Num mundo de tanta desigualdade social, onde poucos têm muito e muitos têm pouco, quão injusto seria Deus!

Entende agora o porquê da revolta de Paulo? Como é que alguém que foi liberto em Cristo de todas essas ideologias falsicantes do Evangelho submete-se, tão depressa, a elas novamente?

2º) A proposta do Evangelho de Cristo é de uma espiritualidade de liberdade radical.

Jesus não nos liberta apenas de sistemas religiosos ou políticos, mas também de nós mesmos, do nosso egoísmo, do nosso orgulho, da nossa soberba, altivez, presunção, arrogância; da falta de solidariedade, dos atos irresponsáveis, da falta de ética e da imoralidade.
...

Conclusão

A Carta aos Gálatas nos oferece subsídios suficientes para vivermos de forma livre e responsável neste mundo. Mas, a resposta final sempre será de cada um de nós. Que resposta você dará?


(Irailton Melo de Souza, pr.)


Ps: O artigo completo está disponível no link abaixo:
http://www.agapebrasilia.com.br/mensagens/pdf/atual.pdf

Manual do Arrebatamento - O que fazer se você ficar para trás


O QUE FAZER APÓS O ARREBATAMENTO


Vamos supor que o arrebatamento aconteceu há cinco minutos e que você ficou para trás, e agora, o que fazer? Há alguma outra chance de salvação?

Vamos analisar alguns fatos: logo após o arrebatamento o planeta irá mergulhar num terrível pesadelo. Possivelmente os meios de comunicação reportarão a seguinte notícia: “ discos voadores carregaram milhões de pessoas ”. Inventarão alguma grande mentira para explicar o fenômeno. Então dirão que as pessoas sumiram porque não aceitavam as regras da Nova Ordem mundial. Conseqüentemente muitos dos que ficarem para trás acreditarão nesta grande mentira.

Mas você, que está lendo está página, fique certo de que discos voadores são uma grande farsa e que seus amigos e parentes sumidos estão agora na Glória com o Rei dos reis, JESUS. Contudo, você está perguntando agora: e agora, o que é que eu faço?

Mantenha-se calmo, porque nós temos um Deus misericordioso e mesmo os que não subiram no arrebatamento, ainda têm chance de serem salvos. Leia essas informações e não as esqueça:

O anticristo está agora no poder, após a guerra no oriente médio, envolvendo algumas nações, talvez até os Estados Unidos. Ele começa agora a mostrar sua genialidade bestial; ele está resolvendo os problemas da humanidade, mas tudo não passa de uma grande armadilha; ele tem feito uma falsa paz com os judeus, dividindo Jerusalém entre Roma, Judeus e palestinos; ele é um homem muito inteligente, e seu poder é recebido diretamente do demônio-satanás; ele também tem seu homem de marketing que trabalha para ele operando maravilhas de milagres, enfeitiçando dessa maneira toda a humanidade. A Bíblia fala a respeito desse homem e o chama de Falso Profeta: apocalipse 13. 11 “ o falso profeta a serviço da Besta- vi depois outra Besta sair da terra: tinha dois chifres como um cordeiro, mas falava como um dragão. Toda a autoridade da primeira Besta, ela exerce diante desta. E ela faz com que a terra e seus habitantes adorem a primeira Besta...ela opera grandes maravilhas: até mesmo de fazer descer fogo do céu sobre a terra, à vista dos homens...ela seduz os habitantes da terra, incitando-os a fazerem uma imagem em honra da Besta...

Ele quer marcar toda humanidade. A marca da Besta será colocada na fronte ou na mão direita das pessoas. Possivelmente essa marca será eletrônica, um chip, talvez.

Fique sabendo de uma coisa, do arrebatamento até Jesus voltar para governar no planeta terra, dar-se-á 7 anos, ou seja, esse líder (o anticristo) só ficará no poder por 7 anos e será aniquilado por Jesus, na sua volta para estabelecer o governo milenial.

Nos primeiros três anos e meio (dos sete anos) haverá muita prosperidade e riqueza, exatamente para seduzir e o restante dos três anos e meio será o que a Bíblia chama de A GRANDE TRIBULAÇÃO, um tempo único, que jamais aconteceu e jamais acontecerá novamente.

Após o sumiço das pessoas, a primeira coisa que você deve fazer é estocar comida e água. Porque depois virá a ordem do anticristo para que só se possa comprar ou vender com sua marca.

Se você quiser se juntar a Jesus e viver eternamente ao seu lado, por favor, NUNCA, MAS NUNCA, ACEITE A MARCA DA BESTA, NÃO IMPORTANDO QUANTO VOCÊ SOFRA! Porque se você aceitar a marca, automaticamente perderá sua salvação e passará toda a eternidade mergulhado em um lago de fogo que jamais acabará...será um sofrimento eterno.

Por isso o importante é o seguinte: rejeite a MARCA, não a aceite sob hipótese alguma. As coisas realmente ficarão feias para você porque não poderá comprar ou vender sem essa maldita marca...será uma marca que valerá mundialmente...os cidadãos serão cidadãos mundiais...E por onde quer que você ande, haverá câmeras filmando você e indicando se você tem ou não a marca. É por isso que será muito difícil para os que quiserem se juntar a Jesus, porque a perseguição será MUITO GRANDE!

Cuidado também com as pessoas ao seu redor, pois muitos se farão de amigos para entregá-lo as polícias do anticristo. Tente descobrir outras pessoas que resolveram finalmente servir a Jesus em EPÍRITO E EM VERDADE e junte-se a elas, e orem, orem e orem, pois aquele que perserverar até o fim será SALVO.

LEMBRE-SE que você ainda terá chance de viver com JESUS, mas só se rejeitar a marca eletrônica, o símbolo de adoração da besta.

Nessa hora difícil lembre-se disso: seu corpo provavelmente será destruído pelo anticristo e suas milícias, mas o importante É SUA ALMA! Seu espírito é eterno, enquanto sua carne é mero PÓ! A dor que você sofrerá não se compara ao júbilo e glória de estar ao lado de JESUS, NOSSO SALVADOR! O que estará em jogo não será seu corpo, mas sua salvação eterna.

Consiga uma Bíblia e procure alguém, que ficou, e entenda a sequência dos acontecimentos que estão em Apocalípse e Daniel. Em Tessalonicences também fala do arrebatamento: em 1 Tess. 4. 16-18. O capítulo 5 fala da falsa paz, (5. 3) " Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição..."

Sobre a manifestação do anticristo você encontrará em 2 Tessalonicenses 2. Todo o segundo capítulo. Sobre a marca da besta você encontra a citação em apocalipse 13. 16.

O apocalipse será a sua chave para saber da seqüencia dos acontecimentos aqui na terra.

Falta de aviso não foi, muitos lhe falaram do amor de Deus por você e você resistiu. Agora não adianta lamentar, chorar o leite derramado e as oportunidades desperdiçadas. Erga a cabeça, confesse sua lealdade a Jesus e siga em frente. Pois nos encontraremos daqui a 7 anos.

Quando eu voltar dos céus com JESUS para que Ele estabeleça seu reino aqui na terra por mil anos, quero encontrar você FIRME NA ROCHA, QUE É JESUS. ATÉ BREVE - JESUS TE AMA MUITO.

E NÃO SE ESQUEÇA: REJEITE A MARCA! Não importa o que façam com você. SALVE SUA ALMA! Ela é o único alvo que o inimigo quer atingir...ele quer levar sua alma para o inferno, TENHA FÉ, SEGURE NA MÃO DE JESUS – ELE TE AMA MUITO – SE NÃO FOSSE ASSIM, ele teria dito! MAS VOCÊ PERTENCE A JESUS, NUNCA ESQUEÇA DISSO! A GLÓRIA É O SEU ALVO, NÃO O INFERNO! SE NÃO FOSSE ASSIM VOCÊ NÃO TERIA MAIS ESSA CHANCE!


Edição do texto: http://br.geocities.com/jesusvem/fazerpos.htm

Pr. Gary Haynes entrevista Michael Smith no Brasil

Parte I


Parte II

Teoria do Design Inteligente

Sob o pretexto de não se misturar Estado com Religião, costumam aparecer nos Estados Unidos da América (outrora conhecido por ser um país cristão...) decisões judiciais proibindo o ensino do criacionismo nas escolas, já que nem todo mundo considera a explicação bíblica para o surgimento do mundo e do universo como "ciência".

Então, que tal uma teoria melhor que a do Evolucionismo, mas não tão descaradamente criacionista? Então, aí está ela: Teoria do Design Inteligente.

Resumindo em poucas palavras: o universo e os seres vivos são tão insanamente complexos que só poderiam ter sido projetados e criados por um designer extremamente inteligente (tão ou mais complexo que o próprio universo...). E quem seria? No dia em que a ciência puder demonstrar como o universo surgiu, todos saberão quem o criou...
;-)

Hoje em dia muitos pesquisadores dizem não acreditar na teoria do "design inteligente", muito menos no criacionismo, mas baseados na observação da natureza, alguns deles acabam descobrindo elementos que servem de base para a criação de novos produtos, patenteando depois a ideia, como se fossem eles os "designers inteligentes"... Irônico, não?

Confira alguns exemplos:


1. Microplanador é inspirado em semente voadora.


Um grupo de estudantes da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos da América, conseguiu replicar a capacidade de voo das sementes de uma família de árvores conhecida como maple, que desce planando até ao solo.

O resultado é um veículo aéreo capaz de planar suavemente ao ser lançado de um avião, de algum local alto ou mesmo arremessado com as mãos.


2. Pouso das abelhas pode conduzir a novas aeronaves.


Ao analisar o pouso das abelhas, os investigadores do Queensland Brain Institute observaram uma coisa interessante: elas pousam sempre com sucesso e de forma segura.

Os cientistas acreditam que a descoberta dos mecanismos que permitem às abelhas pousarem sempre de forma segura poderá ajudar no projeto de aeronaves mais seguras.


3. Pele da baleia-piloto inspira nova tecnologia de navios.


Durante as longas viagens dos navios, vários organismos como algas e percevejos prendem-se ao casco, fazendo com que o consumo de combustível aumente. Projetar um navio que libere uma substância viscosa pelo casco pode reduzir o consumo de combustível em até 20%.

O investigador que avançou com esta ideia inspirou-se na pele da baleia-piloto, cujos canais estão preenchidos com um gel de enzimas que destrói as proteínas na superfície das bactérias e algas.


4. Albatrozes inspiram a criação de uma aeronave teleguiada que desliza pelos oceanos.


O albatroz é uma ave fantástica. Consegue voar milhares de quilômetros praticamente sem bater as asas uma única vez. Agora, um grupo de investigadores recorreu a esta técnica dos albatrozes para criar uma aeronave marítima que percorre grandes distâncias gastando apenas uma pequena quantidade de energia.


5. Patas do guepardo (cheetah) podem inspirar pernas artificiais de maior qualidade.


Os cientistas utilizaram câmeras que capturam até mil frames por segundo para poderem descobrir os mecanismos que fazem com que o guepardo vá de 0 a 100 km/h em apenas alguns passos. Quem pode sair beneficiado com isto são as pessoas que necessitam de próteses.





"Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porém não nos deixa compreender completamente o que ele faz."
(Eclesiastes 3:11, NTLH).


O Radiador do Tucano


Se você tem um mínimo conhecimento de automóveis, deve saber o que é um radiador. E deve saber também que ele é essencial para o bom funcionamento do motor. O radiador faz parte do sistema de refrigeração e, sem ele, o motor ferveria e fundiria antes de o carro ter percorrido poucos quilômetros. Mas você sabia que o tucano também tem um “radiador”?

Durante muito tempo, os cientistas ficaram intrigados com o tamanho do bico do tucano, até que descobriram exatamente para que ele serve. Com câmeras infravermelhas, os pesquisadores observaram o animal dissipando calor pelo bico, para ajudar a regular a temperatura do corpo. Charles Darwin pensava que o bico do tucano era usado para atrair o sexo oposto. Estava errado. Ideias mais recentes sugeriam que a ave usava o bico apenas para descascar frutas e/ou para depredar ninhos e dar alertas visuais. Também não estavam de todo certas.

Se o ambiente esquenta, o bico dos tucanos se aquece em questão de minutos, dissipando o calor do corpo da ave e permitindo que ela permaneça resfriada. O oposto também foi observado, pois quando as temperaturas são mais brandas, pouco calor irradia através do bico, permitindo que a ave conserve o calor.

Segundo artigo publicado na Science, o bico do tucano tem uma rede de vasos sanguíneos que podem aumentar ou restringir o fluxo de sangue. Ao alterar esse fluxo na superfície do bico, os tucanos podem conservar ou liberar o calor corporal para se resfriarem.

O estudo mostrou que o tucano é extremamente mais eficiente que os radiadores inventados pelo ser humano: o bico pode eliminar 100% do calor corporal ou apenas 5%, caso o fluxo sanguíneo seja interrompido. E isso é vital, pois, como as aves não suam, necessitam utilizar o bico para regular a temperatura corporal.



Quem projetou essa “peça” vital no corpo dos tucanos?

"Pergunte às aves e aos animais, e eles o ensinarão. (...) Todas essas criaturas sabem que foi a mão do SENHOR que as fez."
(Jó 12:7-9, NTLH).



Extraído e adaptado de: http://michelsondigitais.blogspot.com/2009/08/o-radiador-do-tucano.html

Sites relacionados:
http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=33584&op=all
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,bico-do-tucano-e-radiador-para-resfriar-o-corpo-diz-estudo,407357,0.htm

O sábio e a vaquinha




Um mestre da sabedoria passeava por uma floresta com seu fiel discípulo, quando avistou ao longe um sítio de aparência pobre e resolveu fazer uma breve visita.
Durante o percurso, ele falou ao aprendiz sobre a importância das visitas e as oportunidades de aprendizado que temos, com as pessoas que mal conhecemos.

Chegando ao sítio, constatou a pobreza do lugar.

Os moradores eram um casal e três filhos, vestidos com roupas rasgadas e sujas.

O mestre então, aproximou-se do senhor, aparentemente o pai daquela família, e perguntou:
- Neste lugar não há sinais de pontos de comércio e de trabalho. Como o senhor e sua família sobrevivem aqui?

E o senhor respondeu:
- Meu amigo, nós temos uma vaquinha que nos dá vários litros de leite todos os dias. Uma parte desse produto nós vendemos ou trocamos na cidade vizinha por outros gêneros de alimentos, a outra parte nós produzimos queijo e coalhada para nosso consumo, e assim vamos sobrevivendo...
O sábio agradeceu, contemplou o lugar por uns momentos, despediu-se e foi embora.

No meio do caminho ordenou ao seu discípulo:

- Pegue a vaquinha, leve-a ao precipício ali na frente e empurre-a. Jogue-a lá embaixo!

O jovem arregalou os olhos, espantado, e questionou o mestre sobre o fato da vaquinha ser o único meio de sobrevivência da família.

Mas, como percebeu o silêncio absoluto do mestre, foi cumprir a ordem e viu a vaquinha morrer.

Um dia ele resolveu largar tudo o que tinha aprendido e voltar naquele mesmo lugar e contar tudo àquela família. Pedir perdão e ajudá-los.

Assim o fez, e quando se aproximava do local, avistou um sítio muito bonito, com árvores floridas, todo murado, e algumas crianças brincando no jardim.

Ficou triste e desesperado, imaginando que aquela humilde família tivera que vender o sítio para sobreviver.

Foi recebido por um caseiro, e então, perguntou sobre a família que ali morava há uns 4 anos e o caseiro respondeu:

- Continuam morando aqui.

Espantado, ele entrou na casa e viu que era a mesma família que visitara antes com o mestre.

Elogiou o local e perguntou ao dono da vaquinha:

- Como o senhor melhorou esse sítio e está tão bem de vida?

E o senhor respondeu:

- Nós tínhamos uma vaquinha que caiu no precipício e morreu. Daí em diante tivemos que fazer outras coisas e desenvolver habilidades que nem sabíamos que tínhamos. Assim alcançamos o sucesso que seus olhos vislumbram agora!


PONTO DE REFLEXÃO

TODOS NÓS TEMOS UMA VAQUINHA QUE NOS DÁ ALGUMA COISA BÁSICA PARA SOBREVIVÊNCIA E UMA CONVIVÊNCIA COM A ROTINA. DESCUBRA QUAL É A SUA!
TENHA CORAGEM PARA EMPURRAR SUA VAQUINHA MORRO ABAIXO E CONSTRUIR ALGO DE NOVO!
SEM DESAFIOS NÃO HÁ CONQUISTAS!

O sucesso é construído à noite!


Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo, pois ao contrário, acabará perdendo seu grande amor.

O sucesso é construído à noite!
Durante o dia você faz o que todos fazem.

Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.
Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chopp com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação.
Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica.
Mas toda mágica é ilusão.

A ilusão não tira ninguém de onde está.

Ilusão é combustível de perdedores.

"Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio.
Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa".

Roberto Shinyashiki


"O sucesso está um pouco além de onde as pessoas comuns desistem."

Eu Quero Ir - Lucas Souza

O último folheto



Todos os domingos de manhã, depois do Grupo de Oração na Igreja, o coordenador do grupo e seu filho de 11 anos saíam pela cidade e entregavam folhetos falando do Amor de Deus sobre nós.

Numa tarde de domingo, quando chegou à hora do pai e seu filho saírem pelas ruas com os folhetos, fazia muito frio lá fora e também chovia muito.

O menino se agasalhou e disse:
-'Ok, papai, estou pronto. '

E seu pai perguntou:
-'Pronto para quê?'

-'Pai, está na hora de juntarmos os nossos folhetos e sairmos. '

Seu pai respondeu:
-'Filho, está muito frio lá fora e também está chovendo muito. '

O menino olhou para o pai surpreso e perguntou:

-'Mas, pai, as pessoas não vão para o inferno até mesmo em dias de chuva?'

Seu pai respondeu:
-'Filho, eu não vou sair nesse frio. '

Triste, o menino perguntou:
-'Pai, eu posso ir? !'

O pai hesitou por um momento e disse:
-'Pode ir. Aqui estão os folhetos. Tome cuidado. '

Então ele saiu no meio daquela chuva. Este menino de onze anos caminhou pelas ruas da cidade de porta em porta entregando folhetos a todos que via.

Depois de caminhar por horas na chuva, estava todo molhado, mas faltava um último folheto.

Ele parou na esquina e procurou por alguém para entregar o folheto, mas as ruas estavam desertas.

Então ele se virou em direção à primeira casa que viu e caminhou pela calçada até a porta e tocou a campainha. Ele tocou a campainha, mas ninguém respondeu. Ele tocou de novo, mais uma vez, mas ninguém abriu a porta.

Finalmente, o menino se virou para ir embora, mas algo o deteve. Mais uma vez, ele tocou a campainha e bateu na porta bem forte. Ele esperou, alguma coisa o fazia ficar ali na varanda e finalmente a porta se abriu bem devagar. Uma senhora idosa com um olhar triste. Ela perguntou :
-'O que você deseja, meu filho?'
Com um sorriso que iluminou o mundo dela, O menino disse:
-'Senhora, me perdoe se eu estou perturbando, mas eu só gostaria de dizer que JESUS A AMA MUITO e eu vim aqui para lhe entregar o meu último folheto que lhe dirá tudo sobre JESUS e seu grande AMOR. '

Então ele entregou o seu último folheto e se virou para ir embora.

Ela o chamou e disse:
-'Obrigada, meu filho!!!

E que Deus te abençoe!!!'

Bem, no domingo seguinte na Igreja, o Coordenador do Grupo de Oração, após a sua pregação perguntou:
- 'Alguém tem um testemunho ou algo a dizer?'

Lentamente, na última fila da Igreja, uma senhora idosa se pôs de pé. E começou a falar.
- 'Ninguém me conhece neste Grupo, eu nunca estive aqui. Até o domingo passado eu não era cristã.

Meu marido faleceu a algum tempo e eu fiquei sozinha neste mundo. No domingo passado, um dia frio e chuvoso, eu tinha decidido no meu coração que eu chegaria ao fim da linha, eu não tinha mais esperança ou vontade de viver.
Então eu peguei uma corda e uma cadeira e subi para o sótão da minha casa, amarrei a corda numa madeira do telhado, subi na cadeira e coloquei a corda em volta do meu pescoço. De pé naquela cadeira, só e de coração estava pronta pra saltar, quando, de repente, o toque da campainha me assustou. Eu pensei, quem será?:
-'Vou esperar um minuto e quem quer que seja irá embora. '
Eu esperei, mas a campainha era insistente; depois a pessoa a bater forte. E pensei:
-'Quem pode ser? Ninguém toca a campainha da minha casa a tempos, ainda mais num dia desses.'
Afrouxei a corda do meu pescoço e fui à porta ver quem era, enquanto a campainha soava cada vez mais alta.
Quando eu abri a porta e vi quem era, eu mal pude acreditar, pois na minha varanda estava o menino mais radiante que já vi em minha vida. O seu SORRISO, ah, eu nunca poderia descrevê-lo a vocês! As palavras que saíam da sua boca fizeram com que o meu coração que estava morto há muito SALTASSE PARA A VIDA quando ele disse:
-'Senhora, eu só vim aqui para dizer QUE JESUS A AMA MUITO.
Então ele me entregou este folheto que eu tenho em minhas mãos.
Conforme aquele menino desaparecia no frio e na chuva, eu fechei a porta e li cada palavra deste folheto.
Então eu subi para o sótão, peguei minha corda e a cadeira. Eu não iria precisar mais delas. Vocês vêem - eu agora eu estou aquí!

Já que o endereço do seu Grupo de Oração estava no verso deste folheto, vim aqui pessoalmente para dizer OBRIGADO a este menino de Deus que no momento certo livrou a minha alma. '

Não havia quem não tivesse lágrimas nos olhos no Grupo de Oração. O coordenador do Grupo, foi em direção a primeira fila onde o 'seu' menino estava sentado. Tomou seu filho nos braços e chorou.

Provavelmente nenhum Grupo de Oração teve um momento tão grande como este e provavelmente este universo nunca viu um pai tão transbordante de amor e honra por causa do seu filho...
Exceto um. Este Pai também permitiu que o Seu Filho viesse a um mundo frio e tenebroso. Ele recebeu o Seu Filho de volta com gozo indescritível, o Pai assentou o Seu Filho num trono acima de todo principado e lhe deu um nome que é acima de todo nome.

Passe essa mensagem adiante! Lembre-se: Ela pode fazer a diferença na vida de alguém próximo a você.

Jesus ama a todos nós.

O URSO FAMINTO



Pois, o que aproveita ao homem ganhar o mundo, se perder sua alma?” (Mt 16:26)

Certa vez, um urso faminto perambulava pela floresta em busca de alimento. A época era de escassez, porém, seu faro aguçado sentiu o cheiro de comida e o conduziu a um acampamento de caçadores. Ao chegar lá, o urso, percebendo que o acampamento estava vazio, foi até a fogueira, ardendo em brasas, e dela tirou um panelão de comida.

Quando a tina já estava fora da fogueira, o urso a abraçou com toda sua força e enfiou a cabeça dentro dela, devorando tudo. Enquanto abraçava a panela, começou a perceber algo lhe atingindo. Na verdade, era o calor da tina... Ele estava sendo queimado nas patas, no peito e por onde mais a panela encostava.

O urso nunca havia experimentado aquela sensação e, então, interpretou as queimaduras pelo seu corpo como uma coisa que queria lhe tirar a comida. Começou a urrar muito alto. E, quanto mais alto rugia, mais apertava a panela quente contra seu imenso corpo. Quanto mais a tina quente lhe queimava, mais ele apertava contra o seu corpo e mais alto ainda rugia. Quando os caçadores chegaram ao acampamento, encontraram o urso recostado a uma árvore próxima à fogueira, segurando a tina de comida.

O urso tinha tantas queimaduras que o fizeram grudar na panela e, seu imenso corpo, mesmo morto, ainda mantinha a expressão de estar rugindo.


Em nossa vida, por muitas vezes, abraçamos certas coisas que julgamos ser importantes.

Algumas delas nos fazem gemer de dor, nos queimam por fora e por dentro, e mesmo assim, ainda as julgamos importantes. Temos medo de abandoná-las e esse medo nos coloca numa situação de sofrimento, de desespero. Apertamos essas coisas contra nossos corações e terminamos derrotados por algo que tanto protegemos, acreditamos e defendemos. Para que tudo dê certo em sua vida, é necessário reconhecer, em certos momentos, que nem sempre o que parece salvação vai lhe dar condições de prosseguir.

Quantos, sem visão nenhuma, se agarram a situações, a pessoas, a vícios sem conseguir enxergar que, na verdade, estão se agarrando ao sofrimento, à escravidão... Quantos preferem sentir dores profundas do que agir para libertar-se. O medo da solidão, o medo de errar ou de serem julgados os prende a um sofrimento contínuo e desgastante. O medo os escraviza e os torna cegos. Outros não largam o que lhes faz sofrer por apego... Mas veja bem... Tudo na vida tem a dose certa para ser vivido. É por isso que Jesus nos disse que não devemos nos apegar a nada neste mundo, nem mesmo à pessoas, à cargos, à posição social... Porque o apego gera cegueira, gera paralisia, acomodação, gera escravidão...O apego, com o tempo, gera dor, sofrimento, angústia... Neste dia eu te pergunto: o que em sua vida tem gerado em você dor e escravidão? Que tipo de apego tem cegado os seus olhos?

Não tenha medo de mudar, porque as mudanças são necessárias e quem não está preparado para isso corre o risco de ter o mesmo fim do urso... Tenha a coragem e a visão que ele não teve. Retire de seu caminho tudo aquilo que te faz mal, que você sabe que está lhe impedindo crescer. Ore e escute o que Deus tem pra lhe dizer e não se apegue a nada deste mundo.

Tire de seu caminho tudo aquilo que faz seu coração arder.

Solte a panela!

(AUTOR DESCONHECIDO)

A criminalização da homofobia no Brasil e as igrejas cristãs

Dr. Zenóbio Fonseca

Este artigo tem como objetivo apresentar uma visão breve da nova variação penal com relação à orientação sexual e os seus reflexos junto às entidades religiosas cristãs. Essa nova variação será introduzida na ordem jurídica da nação, através da aprovação em 23/11/2006 do Projeto de Lei nº 5003/2001, pela Câmara dos Deputados.

O mencionado projeto de lei altera a Lei Federal nº 7.716/89, que trata de crimes de preconceito de raça ou de cor, e altera também o Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei nº 2.848/1940) e a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT (Decreto Lei nº 5.4252/1943), introduzindo novos tipos penais referentes à discriminação ou preconceito de gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero.

Verifica-se que essa proposição parlamentar, em tramitação atual no Senado Federal sob a forma de PLC nº 122/2006, é motivo de grande anseio de todo movimento pró-homossexualismo no Brasil e demais países simpatizantes do tema, conforme amplamente noticiado por toda a mídia, pois torna crime o preconceito por gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero[1].

O ponto crítico da questão é uma lei nova que vem tratar de tema importante, isto é: a discriminação em razão da orientação sexual.

O que temos de tão importante nesse assunto que possa chamar a atenção dos cristãos no Brasil? Os cristãos são contra exclusão de pessoas, e o Cristianismo ensinado pelas Sagradas Escrituras nos mostra o amor e o compromisso com os valores bíblicos como meta que temos de perseguir.

Teoricamente, pode-se afirmar que o “conflito” se dará entre as normas introduzidas no PL 5003/2001 e os valores cristãos que a Bíblia defende. De modo especial, o “conflito” com as pessoas e/ou entidades religiosas cristãs, ou seja, qualquer pessoa física ou jurídica (igreja) que de alguma forma não aceite que o comportamento homossexual ou a orientação sexual seja uma prática ou padrão social aceitável em qualquer lugar público ou privado.

Para melhor compreensão do assunto que estamos tratando, citamos o que vem proposto no art. 8º-A e 8º-B do projeto de lei:

Art. 8ºA — Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no art. 1º desta Lei:

Pena: reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.”

Art. 8º-B - Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs:

Pena: reclusão de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.”

O Projeto de Lei, que poderá entrar em vigor a qualquer momento em 2007, poderá trazer sérios conflitos jurídicos para as entidades religiosas cristãs, seus líderes e membros no Brasil, pois os mandamentos e princípios que a Bíblia defende são contrários aos valores, ensinamentos e doutrinação referentes à orientação sexual, que é apenas um dos muitos termos para designar e proteger o homossexualismo.

Algumas pessoas sustentam que, ao ser aprovado, esse projeto de lei de forma alguma atingirá por meio direto ou reflexivo as igrejas evangélicas (ou, na expressão jurídica, entidades religiosas), sob alegação de que a Constituição Federal garante a liberdade de crença, credo e culto[2]. Entretanto, a Constituição fala em proteção na forma da lei.

Eis aqui a maior dúvida: a Constituição fala em proteção aos templos religiosos na forma da lei. No entanto, por outro lado, o Projeto de Lei nº 5003/2001 traz em sua essência que a orientação sexual é um princípio universal e humano, amparado pela mesma Constituição. Ou seja, trata-se do princípio da dignidade da pessoa humana[3].

Tanto é assim que, ao tratarem do assunto, alguns tribunais brasileiros já fundamentam as suas decisões sob essa nova ótica, isto é, tratando a questão como princípio da dignidade humana e igualdade.

Não se pode esquecer que existem projetos de emenda à Constituição tramitando em diversos Estados e na própria Câmara dos Deputados, introduzindo o termo orientação sexual como princípio expresso no capítulo dos princípios fundamentais.[4]

A postura pró-homossexualismo do governo do Brasil não é novidade, pois em 2003 diplomatas brasileiros introduziram resolução idêntica na Comissão de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidades (ONU). A resolução foi derrotada pela oposição dos países islâmicos[5].

Além disso, o Brasil é autor de uma nova resolução[6], agora na Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA), onde introduz a orientação sexual e os seus desdobramentos como princípio universal da dignidade da pessoa humana, tornando todos os países membros obrigados a aceitar tal valor, por causa dessa resolução, que ao ser aprovada terá força de lei interna nos países signatários.

Nesse sentido é que vemos com grande preocupação a aprovação desse projeto de lei, sem qualquer tipo de exceção aos dogmas, liturgias e valores cristãos, que são contrários à orientação sexual e homossexualismo.

Para entendermos a questão e suas conseqüências legais e religiosas, usamos um simples exemplo argumentativo: um cidadão comum que tem seu filho matriculado em uma escola ou creche pública, onde lhe é ensinado sobre a livre escolha sexual, orientação sexual[7], casamento e adoção para pessoas de mesmo sexo. Além disso, a criança é exposta à tendência atual de se divulgar que o comportamento homossexual é algo que nasce com o ser humano. Nesse ponto, o pai ou mãe cristão, ao saber que tais valores são ensinados obrigatoriamente na grade escolar de seu filho, se posiciona contra esses ensinamentos, por causa dos valores da Bíblia. A direção do colégio, o professor ou o Conselho Tutelar poderá denunciar os pais por discriminação de orientação sexual, com pena de até 5 anos de prisão.

Aqui temos o ponto principal de abrangência e reflexos da lei, pois quem é a igreja e o corpo de Cristo? São os membros, as pessoas que professam a fé em Cristo Jesus.

Em verdade, se a igreja (templo físico) não for atingida de forma direta em sua liturgia de culto, os seus membros serão, ao defenderem os valores cristãos como forma e prática de vida nos conflitos diários, em contraponto ao homossexualismo, amplamente propagado.

Essa é a pior das ameaças desse projeto de lei, porque atingirá qualquer pessoa cristã que expressar opinião contrária à livre expressão da orientação sexual e os seus valores, que têm sido institucionalizado como programas de Governo,[8] nas políticas dirigidas ao população GLBT[9], no programa federal Brasil Sem Homofobia[10], através do Ministério da Cultura, Educação, Saúde e Secretária Nacional de Direitos Humanos.

Tais fatos aqui mencionados não são novidades em alguns países que já possuem semelhantes leis em vigor, onde os cristãos e as igrejas começam a sofrer o grave impacto de sua liberdade de expressão e fé , quando em confronto com o homossexualismo.

Na Inglaterra, o primeiro-ministro britânico Tony Blair afirmou categoricamente que as igrejas terão de aceitar as leis contra discriminação por orientação sexual, o casamento de pessoas de mesmo sexo e a adoção de menores por “casais” homossexuais.[11]

No Estado americano de Nova Jérsei, os prefeitos e juízes foram alertados sobre a possibilidade de serem processados se se recusarem a aplicar leis anti-discriminação pró-homossexualismo, sob pena de multa de 10 mil dólares[12].

Na Pensilvânia, duas avós, uma de 75 anos e outra de 70 anos, juntamente com 9 evangélicos foram presos por falarem de Jesus em uma calçada pública. A lei contra ódio e discriminação foi à base das prisões. Os pastores locais estão buscando a contratação de seguro para se protegerem dos processos da lei[13].

Vê-se que nos países em que já existe , leis anti-discriminação, posteriormente a sua regulamentação tornou-se mais rígida e ampla.

Importante apresentar esse breve panorama mundial para trazer à reflexão dos cristãos o que poderá acontecer no Brasil, se houver a aprovação do projeto de Lei nº 5003/2001.

Não se pode deixar de mencionar que o sistema jurídico brasileiro possui diversos instrumentos processuais e constitucionais protetores dos direitos humanos, seja através do habeas corpus, do mandado de segurança individual ou coletivo, e da ação civil pública, bem como as ações individuais de reparação por danos morais a pessoas que se sentirem atingidas em seus direitos individuais.

Dessa forma, não seria razoável a aprovação deste projeto de lei como garantia e efetividade dos direitos das minorias sexuais, em razão dos instrumentos jurídicos já existente no Brasil.

Rio de Janeiro, em 24/02/2007.

Autor: Zenóbio Fonseca, M.Sc., Consultor Jurídico e professor Universitário.

Email: zenobiofonseca@gmail.com

Notas:

[1] Art. 2º do PL nº 5003/2001: “Define os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero.” (NR)

[2] Art. 5º, inciso VI da CRFB – “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da Lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias.”

[3] Art. 1º, inciso III da CRFB. “dignidade da pessoa humana.”

[4] O site da Associação Nacional do pró-vida e pró-família apresenta relação de diversas tramitações neste sentido : http://www.providafamilia.org/novosite/index.htm

[5] Fonte: http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2004/02/274038.shtml. Acessado em 04/02/2007.

[6] Fonte: http://www.adital.com.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=20657. Acessado em 04/02/2007.

[7] Referências bibliográficas de monografias sobre o tema da orientação sexual do INEP. Site:http://www.inep.gov.br/PESQUISA/BBE-ONLINE/lista.asp?navegacao=proxima&Doc=M&cod=37341&Assunto=EDUCA%C3%83%C6%92%C3%86%E2%80%99%C3%83%C2%A2%C3%A2%E2%80%9A%C2%AC%C3%82%C2%A1%C3%83%C6%92%C3%86%E2%80%99%C3%83%E2%80%A0%C3%A2%E2%82%AC%E2%84%A2O+SEXUAL&P=1&nl=20. Acessado em 04/02/2007.

[8] Fonte: http://www.pt.org.br/site/noticias/noticias_int.asp?cod=45269 . Acessado em 04/02/2007.

[9] Fonte: http://www.planalto.gov.br/seppir/clipping/set2006/MixBrasil_1809.pdf . Acessado em 04/02/2007.

[10] Fonte: http://www.mj.gov.br/sedh/documentos/004_1_3.pdf. Acessado em 04/02/2007.

[11] Fonte: http://gonline.uol.com.br/site/arquivos/estatico/gnews/gnews_noticia_19122.htm e http://gonline.uol.com.br/site/arquivos/estatico/gnews/gnews_noticia_19094.htm. Acessado em 04/02/2007.

[12] Fonte: http://gonline.uol.com.br/site/arquivos/estatico/gnews/gnews_noticia_19031.htm. Acessado em 04/02/2007.

[13] Fonte: WND. Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com.br.


http://juliosevero.blogspot.com/2007/02/criminalizao-da-homofobia-no-brasil-e.html