Alabaster Box

5 Folhetos da Editora Chick

Leitura gratuita pela internet:







Para conhecer outros folhetos semelhantes, clique no link abaixo:
http://guilherme.scriptmania.com/editora_chick/


___________________________________________________________

O Bobo da Corte


Há uma antiga história a respeito de um rei que, de acordo com os costumes da época, tinha o seu bobo da corte. Estes bobos da corte tinham o direito de dizer a verdade aos reis e príncipes, mesmo que fosse amarga. Se ela era amarga demais, simplesmente dizia-se: "Ele é apenas um bobo!"

Um dia o rei deu ao bobo um cetro prateado com sininhos dourados na ponta e disse: "Com certeza você é o maior bobo que existe. Se um dia você encontrar um que será mais bobo que você, então lhe dê este cetro."

O bobo carregou o cetro por muitos anos - até o dia em que recebeu a notícia de que o rei estava para morrer. Ele correu até o quarto do doente e disse:

-Meu rei, ouvi dizer que você pretende fazer uma grande viagem!

- Não pretendo, mas preciso - respondeu o rei.

- Oh, você precisa? Então há um poder que está acima dos grandes da terra. Bem, mas com certeza você voltará logo.

- Não - gemeu o rei -, não se volta da terra para a qual eu vou.

O bobo tentou consolá-lo:
- Com certeza você preparou esta viagem há muito tempo. Imagino que você tenha tomado todas as providências para ser regiamente recebido nesta terra de onde ninguém volta.

O rei abanou a cabeça:
- Eu me esqueci disto. Nunca tive tempo de preparar esta viagem.

- Então com certeza você não sabia que um dia teria de fazer esta viagem.

- Saber, eu sabia. Mas, como o disse, não houve tempo para me ocupar com uma boa preparação.

Então o bobo colocou lentamente o cetro sobre a cama do rei e disse:
- Você me ordenou que desse este cetro àquele que fosse mais tolo que eu. Rei tome o cetro! Você sabia que teria que entrar na eternidade e que de lá não se volta. E mesmo assim não se preocupou em fazer com que as moradas eternas lhe estivessem abertas. Rei, você é o maior dos tolos!


__________________________

A Bíblia diz no Salmo 14:1: Os tolos pensam assim: Deus não existe, e por isso não pensam nem por um momento na eternidade e naquilo que vem apôs a morte. Mas fazem de tudo para obter algo nesta vida. Investem para isto todo o seu tempo, força e dinheiro, mas ainda assim o título de sua vida é: são tolos. Podem até conseguir tudo o que for possível neste mundo, mas erram o alvo, pois em Lucas 9:25 está escrito Que vantagem terá alguém em ganhar o mundo inteiro, se ele mesmo se perder ou se for destruído?

Prepare-se para a eternidade. Talvez você pergunte: "Como fazer isto?", como também lemos em Atos 16:30-31: (...) "Senhores, o que eu devo fazer para me salvar?" Eles responderam: "Creia no Senhor Jesus e você será salvo - você e sua família".

Crer em Jesus Cristo e viver com Ele, esta é a resposta e o caminho para se preparar para a eternidade, para poder entrar no céu e para libertar-se de uma vida de engano. Pois em João 14:6 Jesus diz: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim. Por isto, não viva mais sem Ele, pois aquele que se decide pela verdade não é tolo.

Digo a você que já está na igreja prepare-se! esteja com tua lâmpada acesa quando Jesus voltar! Há muitos que estão dentro das igrejas, mas não estão preparados paraa morte ou a vinda de Jesus. Estar na igreja não significa estar em comunhão com Cristo, na presença de Deus, em obediência à sua Palavra!

Desperte do sono da imprudência, do pecado e da falta de vigilância! Acorde! A vida não é um ensaio! ela é única! aproveite -a bem e corretamente. Vivemos num mundo onde todos dão muito valor ao dinheiro, fama, poder, corpo, a uma vida mais saudável, seja na alimentação como no modo de vida. Mas quantos estão se preparando espiritualmente para a vinda de Cristo?

Cuide de seu espírito, e prepare para ele estar em forma quando chegar a hora da passagem deste universo para um outro além das estrelas. Não esteja despreparado, como muitos que se encontram hoje em dia, como se Jesus nunca viesse buscar os seus, mas pronto a qualquer hora e dia para um encontro com Deus.


Fonte: http://pastorwagnergomes.blogspot.com/2010/09/o-bobo-da-corte.html

PT ameaça processar pastor (assista!)

O pedido do pastor da 1ª Igreja Batista em Curitiba (PR), Paschoal Piragine Júnior para que os evangélicos não votem nos candidatos do PT, gerou revolta entre os integrantes do partido. Durante entrevista à Rádio CBN do Paraná, o dirigente do PT, Enio Verri, disse que vai acionar o pastor juridicamente imediatamente.

No dia 29 de agosto o pastor alertou a Igreja sobre a ‘iniquidade estatizada’ e denunciou que o PT, durante o Congresso anual, manifestou-se favorável ao aborto, PLC 122/06. A mensagem repetida durante os dois cultos da Igreja lembrou como a iniqüidade pode ferir o coração do homem. Após pedir oração pelas eleições exibiu um vídeo mostrando os casos de abortos, infanticídios indígenas e ameaça à igreja através do PLC 122/06 que cria uma ditadura gay. No vídeo, durante a Parada Gay, lideranças do movimento preparam uma ofensiva para aprovar leis como a união civil entre pessoas do mesmo sexo com apoio do Governo.

Enio Verri diz que o partido estuda medidas para acioná-lo juridicamente e diz que ele mentiu misturando posição pessoal e insinuou que Piragine está comprometido. “Não esperava que um pastor proferisse a mentira, certamente o céu não será destino dele.

Em poucos dias, mais de 1 milhão de pessoas já assistiram ao vídeo da mensagem.

Confira o vídeo do pastor Paschoal Piragine em que ele faz um apelo à Igreja contra os projetos anticristãos do partido:

Posicionamento do Pr. Paschoal Piragine Jr sobre as eleições 2010



http://www.overbo.com.br/portal/2010/09/13/pt-ameaca-processar-pastor-por-video-que-desmascara-o-partido/

O amor supera as diferenças

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele ou por sua origem, ou sua religião.

Para odiar, as pessoas precisam aprender.

E se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto.

A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta.
(Nelson Mandela)


Num Zoológico na Califórnia essa Tigresa deu cria a 3 tigrinhos que infelizmente não resistiram as complicações da gravidez e morreram logo após o nascimento.

A Mãe-Tigresa depois de se recuperar do parto, começou a piorar seu estado de saúde, mesmo que fisicamente ela estivesse bem.

Os veterinários sentiram que a perda da cria causou uma profunda depressão na tigresa.

Os médicos decidiram que se a tigresa adotasse a cria de uma outra mae, talvez melhoraria.

Após checar com vários zoológicos pelo país,
tiveram a triste noticia de que não havia nenhuma cria de órfãos tigrinhos na mesma idade para levar para a mãe tigresa.

Os veterinários então decidiram tentar algo que nunca teria sido tentado antes em um zoológico.

Às vezes a mãe de uma espécie cuida dos filhotes de uma diferente espécie.

Os únicos órfãos que puderam ser encontrados rapidamente foram as crias de uma porquinha.

Os funcionários do Zoológico e os veterinários
revestiram os porquinhos em pele de tigre e colocaram os bichinhos ao redor da mãe tigre.

Eles virariam a cria da tigresa ou lombinho???

Dê uma olhada... você não vai acreditar nos seus olhos!





AGORA POR FAVOR, ME DIGA MAIS UMA VEZ:
POR QUE O RESTO DO MUNDO NÃO PODE SE DAR BEM???

E MAIS UMA COISINHA:
MÃE É A QUE CRIA, NÃO É MESMO?!

43 Lições de Vida


Não espere 90 anos para aprender essas importantes lições:

1. A inveja é uma perda de tempo (você já tem tudo de que realmente precisa).
2. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
3. A vida não é justa, mas mesmo assim, é boa.
4. Acredite em milagres.
5. Chore com alguém (cura melhor do que chorar sozinho).
6. Decida sempre em favor da vida.
7. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de algo que você tenha feito ou deixado de fazer.
8. Discorde quando necessário.
9. Economize parte dos seus ganhos pra aposentadoria (começando já no seu primeiro salário).
10. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com as seguintes palavras: "Daqui há 5 anos, isso realmente importará?"
11. Envelhecer nem sempre é bom, mas morrer jovem é muito pior.


12. Faça as pazes com seu passado, perdoando aos outros e também a você mesmo, pois desta forma seu passado não irá atrapalhar o seu presente.
13. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonita ou alegre.
14. Não atrase suas contas.
15. Não compare sua vida com a dos outros (você não faz idéia do que é a jornada deles...).
16. Não desista de quem você realmente ama.
17. Não faça auditoria na vida: destaque-se e aproveite-a ao máximo, agora.
18. Não guarde as melhores coisas para uma ocasião especial. Hoje é especial.
19. Não importa como você se sente: levante-se, vista-se bem e apareça.
20. Não importa quão boa ou ruim seja uma situação, um dia ela mudará.
21. Não resista ao chocolate (é inútil...).
22. Não são os outros os verdadeiros responsáveis pela sua própria felicidade (ou infelicidade).
23. Não se leve muito a sério (ninguém faz isso...).
24. No final das contas, o mais importante é o amor.
25. Nunca é tarde para se ter uma infância feliz (mas a segunda vez é por sua conta...).


26. O melhor ainda está por vir.
27. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
28. O que as outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
29. O tempo cura quase tudo (dê tempo ao tempo...).
30. Perdoe tudo e todos.
31. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga seu caminho.
32. Produza!
33. Qualquer coisa ruim que acontecer, se não o matar o tornará realmente mais forte.
34. Quando estiver em dúvida em dar o próximo passo, dê um pequeno passo.
35. Respire fundo (isso acalma a mente...).
36. Saia de casa todos os dias (os milagres estão esperando em todos os lugares...).
37. Se todos nós pudéssemos colocar os nossos problemas em uma pilha e comparar com os problemas dos outros como eles realmente são, nós acabaríamos pegando nossos próprios problemas de volta...
38. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, então você não deveria entrar nele.
39. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir o que você realmente gosta.


40. Seu trabalho não cuidará de você quando ficares doente, mas seus amigos e familiares cuidarão. Então, não perca o contato.
41. Suas crianças (filhos, netos, sobrinhos...) têm apenas uma infância.
42. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe: Deus está sempre de olhos bem abertos.
43. Você não tem que ganhar todas as vezes.



(Adaptado de um texto escrito por Regina Brett, 90 anos de idade, em The Plain Dealer, Cleveland, Ohio)

"Filho do Hamas"

Acabei de ler esse livro, e recomendo a todos:


"Filho do Hamas" conta a incrível história do jovem palestino Mosab Hassan Yousef, filho mais velho de um dos fundadores do Movimento de Resistência Islâmica, mas que posteriormente acabou se tornando um importante colaborador do Serviço de Inteligência de Israel.

Acontecimentos e operações sigilosas envolvendo ambos os lados são contados por esse ex-agente secreto que realmente esteve lá, bem no meio do conflito, numa jornada inesperada de transformação pessoal e redescoberta espiritual, na tentativa de conter os assassinatos, a violência e o sofrimento de mais pessoas.

(depois que se começa a ler, não dá vontade de parar...)
:-)


Links relacionados:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/livrariadafolha/ult10082u727729.shtml
http://globonews.globo.com/Jornalismo/GN/0,,MUL1598599-17665-314,00.html
http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/traidor-hamas
http://vimeo.com/14497828




A Samambaia e o Bambu


Certo dia decidi dar-me por vencido.
Renunciei ao meu trabalho, às minhas relações, e à minha fé.
Resolvi desistir até da minha vida.
Dirigi-me ao bosque para ter uma última conversa com Deus.

“Deus", eu disse, "Poderias dar-me uma boa razão para eu não entregar os pontos?”

Sua resposta me surpreendeu:
“Olha em redor Estás vendo a samambaia e o bambu?”

“Sim, estou vendo”, respondi.

"Pois bem. Quando eu semeei as samambaias e o bambu, cuidei deles muito bem.
Não lhes deixei faltar luz e água.
A samambaia cresceu rapidamente. Seu verde brilhante cobria o solo.
Porém, da semente do bambu nada saía. Apesar disso, eu não desisti do bambu.
No segundo ano, a samambaia cresceu ainda mais brilhante e viçosa.
E, novamente, da semente do bambu, nada apareceu.
Mas, eu não desisti do bambu.
No terceiro ano, no quarto, a mesma coisa…
Mas, eu não desisti.
Mas… no quinto ano, um pequeno broto saiu da terra.
Aparentemente, em comparação com a samambaia, era muito pequeno , até insignificante.
Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura. Ele ficara cinco anos afundando raízes.
Aquelas raízes o tornaram forte e lhe deram o necessário para sobreviver.
A nenhuma de minhas criaturas eu faria um desafio que elas não pudessem superar”

E olhando bem no meu íntimo, disse:
"Sabes que durante todo esse tempo em que vens lutando, na verdade estavas criando raízes? Eu jamais desistiria do bambu. Nunca desistiria de ti. Não te compares com outros”.
“O bambu foi criado com uma finalidade diferente da samambaia, mas ambos eram necessários para fazer do bosque um lugar bonito. Teu tempo vai chegar”, disse-me Deus, “Crescerás muito!”

"Quanto tenho de crescer?" perguntei.
“Tão alto como o bambu.” foi a resposta.
E eu deduzi: Tão alto quanto puder!

Espero que estas palavras possam ajudar-te a entender que Deus nunca desistirá de ti.
Nunca te arrependas de um dia de tua vida.
Os bons dias te dão felicidade.
Os maus te dão experiência.
Ambos são essenciais para a vida.
A felicidade te faz doce.
Os problemas te mantém forte.
As penas te mantém humano.
As quedas te mantém humilde.
O bom êxito te mantém brilhante.
Mas, só Deus te mantém caminhando...


"A árvore que recebe o vento de uma só direção cresce torta."

O Circo pegando Fogo


Na ópera “Pagliacci” de Leoncavallo, aquela em que o palhaço com o coração destroçado canta “riiiidi, pagliaaaacciiiiii...”, o palhaço está desesperado enquanto o público vai ao espetáculo para rir. Uma situação semelhante é descrita na parábola de Kierkegaard do palhaço e da aldeia em chamas:

“Aconteceu uma vez... Produziu-se um incêndio num circo, situado perto de uma cidadezinha do interior. O diretor enviou um palhaço, que estava trajado para o espetáculo, para informar o que estava acontecendo, ao povo da cidade. O palhaço tentou convencer às pessoas reunidas na praça, para que fossem ajudar no circo, apagar o incêndio que se havia produzido em suas instalações. Os gritos do palhaço foram interpretados como um truque do ofício. Não conseguiu convencer a ninguém. Aplaudiam-lhe e riam até as lágrimas. Ele, porém, fez tudo o possível para convencer o povo que não era ficção, nem truques do ofício, senão que se tratava de uma dura e triste realidade. Suas lágrimas apenas conseguiam o efeito de intensificar as risadas daqueles que o viam e escutavam. O espetáculo durou até que o fogo se alastrou por toda a cidadezinha. A ajuda chegou tarde. Infelizmente, o circo e a cidade foram devastados pelas chamas”.

O que o palhaço deveria ter feito para que as pessoas do povoado acreditassem nele? Alguns podem dizer que se ele tivesse ido à cidade sem o traje de palhaço as pessoas teriam acreditado nele. Outros podem defender que ele deveria ter levado consigo alguma outra testemunha que também tivesse visto o fogo... Mas o que teria sido mais convincente nessa hora seria pegar as pessoas do povoado pelo braço e levar até o incêndio para que elas vissem por elas mesmas o fogo e pudessem o combater a tempo. O mesmo acontece com a Igreja hoje. Os cristãos tentam de muitas maneiras diferentes mostrar a verdade do evangelho, mas as pessoas simplesmente não acreditam porque não conseguem enxergar essa verdade que nós conhecemos. A metade do mundo ri da outra metade; se alguém ri da gente, pensemos: estamos na outra metade.

"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música." Friedrich Nietzsche

“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.” I Coríntios 2.14-16

video

Os Sete Pecados Capitais


Certo dia, um casal ao chegar do trabalho encontrou algumas pessoas dentro de sua casa.

Achando que eram ladrões, marido e mulher ficaram assustados, mas um homem forte e saudável, com corpo de halterofilista disse:
- Calma pessoal, nós somos velhos conhecidos e estamos em toda parte do mundo.
- Mas quem são vocês? - pergunta a mulher.
- Eu sou a Preguiça - responde o homem másculo.
- Estamos aqui para que vocês escolham um de nós para sair definitivamente da vida de vocês.
- Como pode você ser a preguiça se tem um corpo de atleta que vive malhando e praticando esportes? - indagou a mulher.
- A preguiça é forte como um touro e pesa toneladas nos ombros dos preguiçosos, com ela ninguém pode chegar a ser um vencedor.
Uma mulher velha curvada, com a pele muito enrugada, que mais parecia uma bruxa diz:
- Eu, meus filhos, sou a Luxúria.
- Não é possível! - diz o homem
- Você não pode atrair ninguém com essa feiúra.
- Não há feiúra para a luxúria, queridos.
Sou velha porque existo há muito tempo entre os homens; sou capaz de destruir famílias inteiras, perverter crianças e trazer doenças para todos até a morte.
- Sou astuta e posso me disfarçar na mais bela mulher.
E um mau-cheiroso homem, vestindo roupas maltrapilhas, que mais parecia um mendigo, diz:
- Eu sou a Cobiça, por mim muitos já mataram, por mim muitos abandonaram famílias e pátria; sou tão antigo quanto a Luxúria, mas eu não dependo dela para existir.
- E eu, sou a Gula.
- diz uma lindíssima mulher com um corpo escultural e cintura finíssima.

Seus contornos eram perfeitos e tudo no corpo dela tinha harmonia de forma e movimentos.

Assustam-se os donos da casa, e a mulher diz:
- Sempre imaginei que a gula seria gorda.
- Isso é o que vocês pensam! - responde ela.
- Sou bela e atraente, porque se assim não fosse seria muito fácil livrarem-se de mim.

Minha natureza é delicada, normalmente sou discreta, quem tem a mim não se apercebe, mostro-me sempre disposta a ajudar na busca da luxúria.

Sentado em uma cadeira num canto da casa, um senhor, também velho, mas com o semblante bastante sereno, com voz doce e movimentos suaves, diz:
- Eu sou a Ira.
Alguns me conhecem como cólera. Tenho muitos milênios também.

Não sou homem, nem mulher, assim como meus companheiros que estão aqui
- Ira? Parece mais o vovô que todos gostariam de ter! - diz a dona da casa.
- E a grande maioria me tem! - responde o vovô.
- Matam com crueldade, provocam brigas horríveis e destroem cidades quando me aproximo.

Sou capaz de eliminar qualquer sentimento diferente de mim, posso estar em qualquer lugar e penetrar nas mais protegidas casas. Mostro-me calmo e sereno para mostrar-lhes que a Ira pode estar no aparentemente manso.

Posso também ficar contido no íntimo das pessoas sem me manifestar, provocando úlceras, câncer e as mais temíveis doenças.

- Eu sou a Inveja. Faço parte da história do homem desde a sua criação,
- diz uma jovem que ostentava uma coroa de ouro cravada de diamantes, usava braceletes de brilhantes e roupas de fino pano, assemelhando-se a uma princesa rica e poderosa.
- Como inveja, se é rica e bonita e parece ter tudo o que deseja? -diz a mulher da casa.
- Há os que são ricos, os que são poderosos, os que são famosos e os que não são nada disso, mas eu estou entre todos.

A inveja surge pelo que não se tem e o que não se tem é a felicidade. Felicidade depende de amor, e isso é o que de mais carece a humanidade..

Onde eu estou, esta também a Tristeza.

Enquanto os invasores se explicavam, um garoto, que aparentava cerca de cinco a seis anos, brincava pela casa.

Sorridente e de aparência inocente, característica das crianças, sua face de delicados traços mostravam plenitude da jovialidade, olhos vívidos...

E você, garoto, o que faz junto a esses que pa recem ser a personificação do mal?

O garoto responde com um sorriso largo e olhar profundo:
- Eu sou o Orgulho.
- Orgulho? Mas você é apenas uma criança? Tão inocente como todas as outras.
O semblante do garoto tomou um ar de seriedade que assustou o casal, e ele então diz:

- O orgulho é como uma criança mesmo, mostra-se inocente e inofensivo, mas não se enganem, sou tão destrutível quanto todos aqui, quer brincar comigo?
A Preguiça interrompe a conversa e diz:
- Vocês devem escolher quem de nós sairá definitivamente de suas vidas.
Queremos uma resposta.

O homem da casa responde:
- Por favor, dêem dez minutos para que possamos pensar.

O casal se dirige para seu quarto e lá fazem várias considerações. Dez minutos depois retornam.

- E então? - pergunta a Gula.
- Queremos que o Orgulho saia de nossas vidas.
O garoto olha com um olhar fulminante para o casal, pois queria continuar ali.

Porém, respeitando a decisão dirige-se para a saída.
Os outros, em silêncio, iam acompanhando o garoto quando o homem da casa pergunta:
- Ei! Vocês vão embora também?
O Menino, agora com ar severo e com a voz forte de um orador experiente, diz:
- Escolheram que o Orgulho saísse de suas vidas e fizeram a melhor escolha, Porque onde não há orgulho não há Preguiça pois os preguiçosos são aqueles que se orgulham de nada fazer para viver, não percebendo que na verdade vegetam.

Onde não há orgulho não há luxúria pois os luxuriosos têm orgulho de seus corpos e julgam-se merecedores.

Onde não há orgulho, não há cobiça pois os cobiçosos têm orgulho das migalhas que possuem, juntando tesouros na terra e invejando a felicidade alheia, não percebendo que na verdade são instrumentos do dinheiro.

Onde não há orguho não há gula pois os gulosos se orgulham de suas condição e jamais admitem que o são, arrumam desculpas para justificar a gula, não percebendo que na verdade são marionetes dos desejos.

Onde não há orgulho, não há ira, pois os irosos com facilidade destroem aqueles que, segundo o próprio julgamento, não são perfeitos, não percebendo que na verdade sua ira é resultado de suas próprias imperfeições.

Onde não há orgulho não há inveja, pois os invejosos sentem o orgulho ferido ao verem o sucesso alheio seja ele qual for; precisam constantemente superar os demais nas conquistas, não percebendo que na verdade são ferramentas da insegurança. Saíram todos sem olhar para trás, e, ao baterem a porta, um fulminante raio de luz invadiu o recinto.

Novas notas do Real

Olha só que interessante:
Mudanças à vista...

Lá vem a segunda geração de cédulas do Real ("em breve, no banco mais próximo de você..."). As cores e o desenho dos animais continuam lá, porém o tamanho das notas é que muda: quanto maior o valor, maior o tamanho da cédula. Espertos, não? Desta forma, fica bem mais difícil (pra não dizer impossível...) pros falsificadores transformarem notas de 2 Reais em falsificações de 50 Reais (como acontecia anteriormente...).

Por enquanto, as duas "famílias" de cédulas irão conviver pacificamente, pois não há data definida pra que a população aposente as velhas notas. O que se sabe é que em novembro já começam a circular as de valor mais alto (R$ 50,00 e R$ 100,00), enquanto que as menores - literalmente falando... - virão somente em 2012 (só não sei se antes ou depois do fim do mundo...).
;-)


Abaixo duas notícias relacionadas:
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/banco-central-lanca-novas-cedulas-real
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/778949-novas-cedulas-do-real-comecam-a-circular-em-novembro.shtml