Alabaster Box

ISLAMISMO FOR DUMMIES


Coisas que as pessoas falam a respeito do Islã:
- Não é todo muçulmano que é extremista...
- O problema são as organizações terroristas...
- A culpa não é da religião, mas sim da política...
- Os princípios da religião islâmica não tem nada a ver com matar gente...
- A religião não tem nada a ver com os atos bárbaros de seus supostos seguidores...
- Mimimi... mimimi... mimimi...

Agora eis a verdadeira mensagem "de paz" do Islã, retirada do próprio Alcorão:

"MATAI-OS onde quer que os encontreis e expulsai-os de onde vos expulsaram, porque A PERSEGUIÇÃO É MAIS GRAVE DO QUE O HOMICÍDIO. (...) Tal será o castigo dos incrédulos."
(2ª Surata, verso 191 do Alcorão)

"E COMBATEI-OS até terminar a perseguição E PREVALECER A RELIGIÃO DE DEUS [ISLÃ]. Porém, se desistirem, não haverá mais hostilidades, senão contra os iníquos."
(2ª Surata, verso 193 do Alcorão)

"Está-vos prescrita A LUTA (PELA CAUSA DE DEUS) (...)."
(2ª Surata, verso 216 do Alcorão)

"Aqueles que creram, migraram E COMBATERAM PELA CAUSA DE DEUS poderão esperar de Deus a misericórdia, porque Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo."
(2ª Surata, verso 218 do Alcorão)

" Infundiremos terror nos corações dos incrédulos, (...)"
(3ª Surata, verso 151 do Alcorão)

"Anseiam (os hipócritas) que renegueis, como renegaram eles, para que sejais todos iguais. Não tomeis a nenhum deles por confidente, até que tenham migrado pela causa de Deus. Porém, se se rebelarem, capturai-os então, MATAI-OS, ONDE QUER QUE OS ACHEIS, e não tomeis a nenhum deles por confidente nem por socorredor."
(4ª Surata, verso 89 do Alcorão)

"... Se não ficarem neutros, em relação a vós, nem vos propuserem a paz, nem tampouco contiverem as suas mãos, CAPTURAI-OS E MATAI-OS, ONDE QUER QUE OS ACHEIS, porque sobre isto vos concedemos autoridade absoluta."
(4ª Surata, verso 91 do Alcorão)

"E NÃO DESFALEÇAIS NA PERSEGUIÇÃO AO INIMIGO; porque, se sofrerdes, eles sofrerão tanto quanto vós; (...)."
(4ª Surata, verso 104 do Alcorão)

"O castigo, para aqueles que lutam contra Deus [Alá] e contra o Seu Mensageiro [Maomé] e semeiam a corrupção na terra, é que SEJAM MORTOS, OU CRUCIFICADOS, OU LHES SEJA DECEPADA A MÃO E O PÉ OPOSTOS, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo."
(5ª Surata, verso 33 do Alcorão)

"Constatarás que OS PIORES INIMIGOS dos fiéis [islâmicos], entre os humanos, SÃO OS JUDEUS e os idólatras. (...)"
(5ª Surata, verso 82 do Alcorão)

"... Logo infundirei o terror nos corações dos incrédulos; DECAPITAI-OS e DECEPAI-LHES OS DEDOS!"
(8ª Surata, verso 12 do Alcorão)

"COMBATEI-OS até terminar a intriga, e PREVALECER TOTALMENTE A RELIGIÃO DE DEUS [ou seja, o Islã]. (...)"
(8ª Surata, verso 39 do Alcorão)

"Mobilizai TUDO quando dispuserdes, em armas e cavalaria, para INTIMIDAR, com isso, O INIMIGO DE DEUS E VOSSO, e se INTIMIDAREM AINDA OUTROS QUE NÃO CONHECEIS, mas que Deus bem conhece. (...)"
(8ª Surata, verso 60 do Alcorão)
 
"Mas quando os meses sagrados houverem transcorrido, MATAI OS IDÓLATRAS, ONDE QUER QUE OS ACHEIS; capturai-os,acossai-os e espreitai-os; porém, caso se arrependam, observem a oração e paguem o zakat*, abri-lhes o caminho. (...)"
(9ª Surata, verso 5 do Alcorão)

"Combatei-os! Deus os castigará, por intermédio das vossas mãos, aviltá-los-á e vos fará prevalecer sobre eles, (...)"
(9ª Surata, verso 14 do Alcorão)

"COMBATEI AQUELES QUE NÃO CRÊEM EM DEUS e no Dia do Juízo Final, NEM SE ABSTÊM DO QUE DEUS E SEU MENSAGEIRO [Maomé] PROIBIRAM, e NEM PROFESSAM A VERDADEIRA RELIGIÃO [ou seja, o Islã] daqueles que receberam o Livro [o Alcorão], até que, SUBMISSOS, PAGUEM A JIZYA [extorsão cobrada dos não-muçulmanos mediante o uso de força ou ameaça por parte de um Estado Islâmico]."
(9ª Surata, verso 29 do Alcorão)
 
"...os cristãos dizem: O Messias é filho de Deus. Tais são as palavras de suas bocas; repetem, com isso, as de seus antepassados incrédulos. QUE DEUS OS COMBATA! (...)"
(9ª Surata, verso 30 do Alcorão)
 
"...COMBATEI UNANIMEMENTE os idólatras, TAL COMO VOS COMBATEM; e sabei que Deus está com os tementes."
(9ª Surata, verso 36 do Alcorão)

"Deus cobrará dos fiéis O SACRIFÍCIO DE SEUS BENS E PESSOAS, EM TROCA DO PARAÍSO. COMBATERÃO PELA CAUSA DE DEUS, MATARÃO E SERÃO MORTOS. É uma promessa infalível (...)."
(9ª Surata, verso 111 do Alcorão)

"É INADMISSÍVEL que o Profeta e os fiéis IMPLOREM PERDÃO PARA OS IDÓLATRAS, ainda que estes sejam seus parentes carnais, ao descobrirem que são companheiros do fogo."
(9ª Surata, verso 113 do Alcorão)
 
 "Ó fiéis, COMBATEI OS VOSSOS VIZINHOS INCRÉDULOS para que sintam severidade em vós; e sabei que Deus está com os tementes [a Alá]."
(9ª Surata, verso 123 do Alcorão)

"E Alá desalojou de suas fortalezas os adeptos do Livro [judeus], que apoiaram o inimigo, e infundiu o TERROR em seus corações. MATASTES UMA PARTE E CAPTURASTES OUTRA. E depois disso [ALÁ] VOS FEZ HERDEIROS DE SUA CIDADE, DE SUAS CASAS, SEUS BENS E DAS TERRAS QUE NUNCA HAVÍEIS PISADO ANTES; sabei que Deus [Alá] é Onipotente."
(33ª Surata, versos 26 e 27 do Alcorão)

"Ó Profeta [Maomé], em verdade, TORNAMOS LÍCITAS, PARA TI AS ESPOSAS QUE TENHAS DOTADO, ASSIM COMO AS QUE A TUA MÃO DIREITA POSSUI (CATIVAS), QUE DEUS [Alá] TENHA FEITO CAIR EM TUAS MÃOS, (...) e uma vez que o Profeta queira desposá-la; este é um privilégio exclusivo teu, vedado aos demais fiéis. (...) PODES ABANDONAR, DENTRE ELAS, AS QUE DESEJARES e tomar as que te agradarem; e se desejares tomar de novo a qualquer delas que tiveres abandonado, não terás culpa alguma. Esse proceder será sensato para que se refresquem seus olhos, não se aflijam e se satisfaçam com o que tiveres concedido a todas, pois Deus sabe o que encerram os vossos corações; e Deus, é Tolerante, Sapientíssimo."
(33ª Surata, versos 50 e 51 do Alcorão)

"...E AI DOS IDÓLATRAS, que não pagam o zakat* e renegam a outra vida!"
(41ª Surata, versos 6 e 7 do Alcorão)

"E quando vos enfrentardes com os incrédulos, (em batalha), GOLPEAI-LHES OS PESCOÇOS, até que os tenhais dominado (...)."
(47ª Surata, verso 4 do Alcorão)

"...NÃO FRAQUEJEIS (ó fiéis), PEDINDO A PAZ, QUANDO SOIS SUPERIORES; sabei que Deus está convosco e jamais defraudará as vossas ações."
(47ª Surata, verso 36 do Alcorão)
 
 "...OU VÓS OS COMBATEREIS OU ELES SE SUBMETERÃO. E se obedecerdes, Deus vos concederá uma magnífica recompensa; por outra, se vos recusardes, como fizestes anteriormente, Ele vos castigará dolorosamente."
(48ª Surata, verso 16 do Alcorão)
 
"...Uma muçulmana, no entanto, não poderá casar-se com um não-muçulmano, porquanto o seu STATUS MUÇULMANO seria afetado (...). Uma não-muçulmana, ao casar-se com um muçulmano, DEVERÁ, finalmente, ACEITAR O ISLAM. (...)"
(114ª Surata, verso 339 do Alcorão)

"... os CASAMENTOS de mulheres crentes COM NÃO-MUÇULMANOS eram DISSOLVIDOS, SE OS MARIDOS NÃO ACEITASSEM O ISLAM. (...)"
(114ª Surata, verso 1641 do Alcorão)

"Aqueles que não crerem nos versículos de Deus [esses mesmos e muitos outros, contidos no Alcorão] não serão guiados por Deus e sofrerão um doloroso castigo. Os que forjam mentiras são aqueles que não crêem nos versículos de Deus [contidos no Alcorão]. Tais são os mentirosos."
(Alcorão 16:104,105)

* Zakat = uma espécie de contribuição social obrigatória cobrada anualmente pelos religiosos islâmicos.


São passagens como essas, conclamando os muçulmanos a combaterem cristãos, judeus e demais povos não-muçulmanos, que levam milhares de islâmicos a matarem e a morrerem em nome de Alá, chegando ao absurdo de explodirem a si mesmos só para poderem espalhar destruição, terror e mortes.
 
Enquanto isso, nos países mais democráticos e civilizados, ainda permitem que os muçulmanos construam livremente quantas mesquitas quiserem, mesmo sabendo-se que nos países em que eles deixaram de ser minoria costuma-se proibir a construção de igrejas e sinagogas, além deles perseguirem os cristãos e matarem aqueles que ousarem abandonar a religião islâmica.
____________________________


Ps:
"- E aí, Arnaldo?
- A regra é clara: Alá mandou perseguir, decapitar, machucar e extorquir todos os não-muçulmanos, ainda mais se forem judeus..."
 

0 comentários:

Postar um comentário